About these ads
Início > Adaptação, Animação, Cinema, Desenhos Animados > Crítica: A Dama e o Vagabundo

Crítica: A Dama e o Vagabundo

A Dama e o Vagabundo

A Dama e o Vagabundo

Mais uma vez falo de um grande clássico da Disney e da literatura. O que seria de Titanic e outros filmes românticos onde uma moça rica se apaixona por um rapaz pobre sem o conto da Dama e o Vagabundo? Nada. Em a Dama e o Vagabundo isso nem tanto é o foco do filme. A história é mais sobre Humano X Animal onde o cachorro perde o foco da atenção quando um bebê está chegando. Também fala de matratos e descaso com os animais e o crédito de um cachorro. O filme fala sobre liberdade e a diferença entre a vida de um cachorro com pedigree e um vira-lata. O filme no final das contas fala sobre cachorros. A vida, o carinho, o amor, a solidão, a liberdade e a relação do homem com eles. Claro que o romance entre Dama e Vagabundo sempre será o coração do filme.

Nota 10 para A Dama e o Vagabundo.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é um Clássico da Disney.

Por Akanadin.

About these ads
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 352 outros seguidores

%d bloggers like this: