A Evolução dos Games – Donkey Kong

Evolução do Donkey Kong
Evolução do Donkey Kong

Aquele que começou como um vilão que sequestrava a namorada do Super Mario, na época Jumpman, depois participou do jogo Mario Kart e em seguida foi promovido e ganhou uma triolgia de jogos próprios do Super Nintedo: Donkey Kong Country, Donkey Kong 2 e Donkey Kong 3, este é o primata mais famoso e popular da Nintendo. Estreou junto com Mario num jogo chamado Donkey Kong.

Abaixo, uma rápida aula de história sobre Donkey Kong:

Donkey Kong Country
Donkey Kong Country

Donkey Kong é um gorila, personagem de um video jogo criado em 1981 por Shigeru Miyamoto.

Existe uma lenda urbana que diz que o primeiro nome Donkey Kong é uma má-tradução demonkey (“macaco”). No entanto, a verdade é que Miyamoto escolhera donkey (“burro”) porque representa a “estupidez do macaco”

Originalmente vilão de um jogo para arcade de mesmo nome, no qual o jogador deveria salvar a princesa raptada pelo gorila. O jogo foi um enorme sucesso e acabou por dar origem ao famoso mascote da Nintendo, Mario.

Em 1982, a Universal Studios processou a Nintendo por achar Donkey Kong muito parecido com King Kong, sem saber que King Kong já entrara para domínio público. Foi considerado um dos grandes vacilos da história dos video jogos.

Donkey tornou-se herói em Donkey Kong Jr., onde o seu filho vai salvá-lo de Mario (personagem principal no jogo anterior). Em Donkey Kong 3, Kong invade uma estufa e é perseguido pelo seu dono.

Em 1994, a Nintendo resolveu pedir à produtora de jogos britânica Rareware (também conhecida como Rare), para fazer um novo jogo de Donkey Kong. Em 1994 apareceu assim Donkey Kong Country, considerado um salto no mundo dos video jogos. O jogo, produzido para o console SNES, apresentava gráficos jamais vistos numa plataforma de 16 bits. Nos dois anos seguintes foram lançadas duas sequências:Donkey Kong Country 2: Diddy’s Kong Quest e Donkey Kong Country 3: Dixie Kong’s Double Trouble, respectivamente.

Os jogos foram levemente adaptados na série Donkey Kong Land para Game Boy e “portados” para o Game Boy Advance.

Em 1999 foi lançado outro título da série, desta vez para a Nintendo 64, Donkey Kong 64.

Hoje os direitos estão novamente com a Nintendo, já que a Rareware passou a fazer parte da Microsoft Game Studios.

Em 2003, a Nintendo lançou o revolucionário jogo Donkey Konga, estrelando Donkey Kong que desta vez não correrá, pulará ou esmagará Kremlings. O jogador deve batucar no bongo-controller na altura certa que os ícones passam na tela ao ritmo da música. O jogo causou tanto sucesso que deu origem a um sucessor, Donkey Konga 2 e, futuramente, Donkey Konga 3. Um outro jogo, de plataformas, controlado pelos bongos chamado Donkey Kong: Jungle Beat para Game Boy Advance também foi lançado.

Também no ano de 1999 ele figurou como um dos personagens de Super Smash Bros para no Nintendo 64, reaparecendo nas suas sequências Super Smash Bros Melee e Super Smash Bros Brawl, para o Game Cube e Nintendo Wii respectivamente.

Ele participou da maioria dos jogos da série Mario Party e também de Mario Super Sluggers para Wii.

Donkey esteve em todos os Mario Kart com exceção da versão SNES, onde foi substituido por DK Jr. Na série existem várias pistas relacionadas com o universo do personagem.

O primeiro Kong, o mais popular, fora Donkey Kong Jr., que salvava o pai no jogo de mesmo nome e aparece em Super Mario Kart.

A série Donkey Kong Country criou toda uma família Kong, a começar por Cranky Kong, avô de Donkey Kong e é o Kong “original” que lutara com Mario no arcade. Cranky é casado com Wrinkly Kong. Em DKC Donkey Kong tem a ajuda do amigo Diddy Kong, que em DKC2 vai resgatar Donkey com a namorada Dixie Kong. Dixie estrela DKC3 junto com Kiddy Kong. Há também o mecânico Funky Kong e os amigosTiny Kong ,Chuncky Kong e Lanky Kong de DK64. Todos os outros Kongs que aparecem nos jogos ainda não têm relacionamento comprovado.

Donkey Kong Country também foi um desenho feito por computação gráfica numa produtora francesa. Durou 40 episódios, de 1997 a 2000, foi exibido no Brasil pela Rede Record e em Portugal pela SIC

Sem mais a acrescentar, Donkey Kong é um dos grandes responsáveis pela grande evolução dos games.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é a evolução.

Por Akanadin.

6 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s