Crítica: Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio (Fast Five)

O melhor da franquia e sério candidato a melhor filme do ano.

Fast Five

Fast Five

Há um tempo atrás, um homem chamado Vin Diesel fez um filme chamado Velozes e Furiosos. O filme fez um relativo sucesso e gerou várias imitações como Fúria em Duas Rodas e Corridas Clandestinas, assim abrindo um precendente de filmes sobre corridas, carros, motos, rachas, assaltos, estradas e tudo mais nesse estilo. Entretanto, mesmo eu curtindo muito o primeiro Velozes e Furiosos, não há como negar que é um filme mediano. Não é um filme ruim, mas está longe de ser o meu filme favorito e muito menos um filme revolucionário, mas é um filme bem legal e que diverte. Logo após, veio um filme chamado Mais Velozes e Mais Furiosos, mas dessa vez Vin Diesel não estava presente no filme. Segundo ele não havia motivo para o retorno de seu personagem (Dom) e no lugar o ator negro chamado Tyrese Gibson (Roman) para fazer parceria com Paul Walker (Brian). O segundo filme, em minha opinião, é o mais fraco. Brian e Roman não tem o mesmo carisma e o mesmo entrosamento que Brian e Dom, além do fato de que Roman é um grande pé no saco e não tem carisma quase nenhum. Em seguida, veio Velozes e Furiosos 3 – Tokio Drift. Sai Brian (Paul Walker), sai Roman (Tyrese Gibson) e entra Han (Sung Kang). Confesso que até hoje não assisti ao terceiro filme, que dizem ser o mais “Fast” de todos e inova com o esquema de Drift. Mesmo assim, nunca ouvi falar que este filme foi relevantemente um sucesso e para mim a franquia Velozes e Furiosos já estava fadada ao encerramento e esquecimento. Eu estava enganado.

Velozes e Furiosos 5 - Fast Five

Velozes e Furiosos 5 - Fast Five

Anos depois, veio a estrear um filme chamado Velozes e Furiosos 4. Volta Vin Diesel (Dom), volta Paul Walker (Brian), volta Jordana Brewster (Mia) e volta para história original. Cara, como esse filme me surpreendeu. Para mim, Velozes e Furiosos foi revivido aí. Ao mesmo tempo, Velozes e Furiosos começava a ganhar uma nova abordagem. A franquia começava a ganhar o clima mais de filme de ação e assalto do que de filme de corrida e carros, por isso é muito normal ver por aí muitos dizendo que este filme é mais Furioso do que Veloz. Vin Diesel e Paul Walker tem um grande carisma e química juntos e o filme é muito divertido, sempre despretencioso como todos os outros anteriores.

Anos depois, viria a estrear um filme chamado Fast Five. No Brasil, Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio. Agora sim, meu amigo, temos uma explosão. Sem dúvidas, o melhor filme de todos os Velozes e Furiosos e um dos melhores filmes do ano.

Velozes e Furiosos 5 - Operacao Rio

Velozes e Furiosos 5 - Operacao Rio

Todo mundo sabe que ano que vem será lançado um filme chamado Vingadores (Avengers) da Marvel Studios que é nada mais nada menos que o filme que vai reunir o Homem de Ferro, Hulk, Thor e Capitão América, mais outros personagens da Marvel Comics como Nick Fury, Viúva Negra, Gavião Arqueiro, Loki, Skrulls, etc… num só. O Universo Marvel está sendo adapatado ao cinema. Esse conceito, que já é usado a mais de meio século nos quadrinhos, está causando um grande impacto em Hollywood. É uma novidade, uma inovação, uma revolução. Eu mesmo não consigo descrever o quanto estou empolgado com tudo isso. É uma idéia muito, mas muito foda.

Como toda idéia foda, ela é copiada. Não que isso seja errado, na realidade melhor para nós, pois juntar todos os personagens de um determinado universo em um filme é algo muito foda. Imagine num mesmo filme o Homem-Aranha, os X-Men, o Quarteto Fanstático e o Hulk ou num mesmo filme o Superman, Batman, Mulher-Maravilha e Lanterna Verde. Para quem lê quadrinhos, isso não seria nada mais do que comum, mas num filme a coisa. Bom, juntar toda uma galera assim num filme só já é algo que está sendo devidamente copiado. Os Mercenários é um filme que reune Sylvester Stallon, Jason Statham, Jet Li, Dolph Lundgren, Bruce Willis, Arnold Schwarzenegger, Stone Cold Steve Austin, Mickey Rourke e outros brucutus num só filme e foi um sucesso. Gente Grande é outro exemplo. O filme reune Adam Sandler, Kevin James, Chris Rock, David Spade, Rob Schneider e outros at0res ligados ao Sandler.

Velozes e Furiosos 5 tem isso como grande atrativo. Ele simplesmente reune a galera de todos os Velozes e Furiosos num só filme, só que de uma maneira muito mais foda que em Os Mercenários ou Gente Grande. Em Os Mercenários, por exemplo, não há filmes anteriores, não há um universo. Não é como se o Rambo, o T-800, o cara do Carga Explosiva,

Explosiva e o lutador mais foda da Attitude Era se encontrassem num filme. Bom, vou terminar de falar sobre esse tema, pois senão eu vou me alongar demais.

Velozes e Furiosos 5 é um filme muito foda. As cenas de ação são impecáveis e empolgantes. O filme tem 130 minutos e em nenhum momento você sente-se entendiado, na verdade o filme poderia até ser maior. Muitos estavam empolgados com a presença do The Rock no filme e que o embate entre ele e Vin Diesel seria a grande cereja do bolo do longa. Sim, o combate entre Vin Diesel e The Rock acontecem e é muito foda, mas o filme tem muitos mais a oferecer do que isso e se fosse apenas isso já seria um bom motivo para ver o filme. XD

As cenas com carros são muito, muito fodas. Sim, o filme é bem mentiroso, apesar de eu não me sentir desconfortável com isso. Na realidade, é um filme tão mentiroso quanto qualquer filme de ação convencional. Ele não é mais mentiroso do que um 007 por exemplo. Para mim, isso não comprometeu minha diversão.

Outro fato que foi muito criticado no filme foi a fidelidade para com a retratação do Brasil e Rio de Janeiro. Não vou perder meu tempo falando sobre isso, pois considero esse tipo de reclamação um mimimimi muito do enjoado. Sim, o filme não foi rodado todo no Brasil, todo mundo fala inglês, os brasileiros do filme são de Porto Rico, as mulheres não tem bundas gigantes, etc…, etc…, etc… Fuck Off. Quando se fala em Brasil, o pessoal vira putinha e começa a xiar. Em Velozes e Furiosos 5, a fidelidade com o Brasil e o Rio de Janeiro é um pecado imperdoável, mas num filme em sobre um deuses nórdicos europeus que falam inglês sendo que entre eles há um negro, um japonês, americanos e nenhum europeu isso não é problema, né? Em Star Trek, todo o universo fala inglês. Quem se importa não é? Não sendo no Brasil. Enfim, esse chororo a respeito de retratação fiel não cola comigo, até porque não dá pra ficar 100% fiel nunca e se for reclamar de esteriótipos, então que vá reclamar dos nossos filmes nacionais primeiro.

A ação do filme é genial. Frenética e desenfreada, é um filme longe de ser cansativo. Não há como negar as semelhanças com “11 Homens e um Segredo”, o que não é desmérito e ficou muito bem no filme. Sem muito mais o que falar, Velozes e Furiosos 5 é um filmão. Sem o uso de CGI e sem ser a adaptação de um quadrinho ou livro, vale muito a pena assistir. Altamente recomendável.

Nota 10 para Fast Five.

Nota 10 == Feijoada Completa

Nota 10 == Feijoada Completa

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Fast Five.

Por Akanadin.

4 thoughts on “Crítica: Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio (Fast Five)

  1. Nota 10???

    Ja nao basta o comentario idiota no post sobre o senhor dos aneis agora vem me dizer q esse filme eh bom. EH horrivel! Atores dublando um portugues pessimo, a primeira cena do onibus capotando, atores horriveis. Um trama pessima.
    Na boa, fecha o blog e vai aprender algo sobre cinema e literatura.
    PQ VC NAO SABE PORRA NENHUMA! ESSE FILME EH HORRIVEL! O PIOR DA SERIE.
    Vai estudar, criança.

  2. Jonas, Seu animal se você não assistiu desde o primeiro você não vai entender mesmo seu animal, puta historia, muito foda esse filme, ja estou esperando pelo 6,”Você acredita em fantasmas?”, caralho quase chorei, muito foda. Filme nota 1000, sem comentarios o melhor de todos.

  3. o filme do ano !!!!!!!!!!!!!

    sem mais …

    para os viados que estão de mimimi , que vão assistir justin bieber !!

    amo toda a sequencia de velozes e furiosos , mais pra mim o 5 matou a pau !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s