Crítica: Conan, o Bárbaro (2011)

Conan (2011)
Conan (2011)

Passado um ano após a estréia do reboot de nome Conan, o Bárbaro, eu finalmente assisti ao filme que foi um fracasso de bilheteria e crítica. O filme começa até muito bacana. Temos uma rápida introdução a história daquele mundo, em seguida vemos o nascimento de Conan, que nasceu em meio a guerra, logo após corta para ele já moleque e ele vai realizar um rito de passagem para se tornar homem e acaba enfrentando sozinho alguns inimigos e mata todos, após ele já é treinado pelo pai Corin (Ron Pelman), aliáis o eterno Hellboy manda muito bem e com imponência convence como líder daquela aldeia de cimérios. Ele apresenta a forja do aço, o lance do fogo e gelo, e em seguida a aldeia é atacada pelo vilão e seu exército. A aldeia do Conan é massacrada e seu pai é morto diante dele. Bem, esse começo do filme é bem bacana e o moleque que faz o Conan jovem é mais imponente que o Conan adulto (Jason Momoa), quem dirá atua melhor que ele também.

Estava indo tudo muito bem, mas estava óbvio para mim que o filme ia decair quando o Conan do cartaz aparecesse em cena e não deu outro. A atuação dele não convence. Ele não tem nem metade da imponência que o Conan do Arnold Schwarzenegger possui. Okay, é até meio injusto comparar, até porque os diretores/roteiristas tentaram seguir por outro caminho, apresentando um Conan mais articulado e humano. Tentaram, pois ele também não convence nisso. O novo Conan é até frágil, ele não convence que é um cara durão, apesar de que o vilão do filme também é meio bosta, então fica equilibrado. Não é implicância minha, o Momoa não convence. Ele é esforçado, mas não convece.

Conan The Barbarian (2011)
Conan The Barbarian (2011)

O filme tem suas qualidades. Elas são sangue e peitinhos. Já é alguma coisa. haha

Se a atuação do Conan não é um primor, imagine as dos demais personagens. Só se salva o personagem Corin (Ron Perlman), pois o vilão do filme de nome Khalar Zym (Stephen Lang) é muito genérico. O ator repete o vilão caricato que faz em Avatar (E que vai fazer pelo resto da carreira) e até piorado. Não tem profundidade. Ao seu lado, sua filha Marique (Rose McGowan) faz uma versão menos poderosa da bruxa e falecida mulher de Zym e igualmente caricata como o pai. Interessante que ela diz que está se tornando tão poderosa quanto sua mãe e que talvez não precisem da máscara e seu pai solta um fuck off nessa hora. (Spoiler Alert) Como esperado, ele consegue ativar a bendita máscara no fim do filme e não serve para p**** nenhuma. A bendita filha que supostamente é a toda poderosa é morta de maneira patética. Lamentável. (Spoiler Alert End).

Também tem a Rachel Nichols, que possui suma importância para a trama e em teoria faz par romântico com Conan. O que acontece, mesmo sendo muito corrido e nada desenvolvido. Eles estão no piloto automático, o romance não é trabalhado direito. Só vale por uma cena de sexo, onde temos um sideboob ali.

Conan, o Bárbaro (2011)
Conan, o Bárbaro (2011)

Eu esperava menos de Conan, por isso não me decepcionei tanto com o filme, mas ele é fraco mesmo. Até as cenas de ação cheias de sangue não são mais violentas do que um jogo de video-game. Não há uma cena de impacto no longa, mas é possível assisti-lo de boa. O filme é corrido e muitos coisas ficaram devendo, mas até que é uma boa produção de cinema B.

Nota 4,0 para Conan, o Bárbaro.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Conan.

Por Akanadin.

One comment

  1. Olha a cara desse cara. Dá pra adivinhar de longe que é mal ator.
    Eu leio na testa: “vou falar umas expressões bem complexas pra fingir que sou inteligente e vou tentar parecer durão”. Quando na verdade que ele não servia (nem serve agora) para fazer árvore na representação do Mágico de OZ.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s