Crítica: Capitão América 2 – O Soldado Invernal

O Exterminador do Futuro 2 da Marvel.

Capitão América 2 - O Soldado Invernal (2014)

Capitão América 2 – O Soldado Invernal (2014)

Capitão América – O Primeiro Vingador foi um filme de ação e aventura de época no maior estilo Indiana Jones. Já Capitão América 2 – O Soldado Invernal é um filme de ação e espionagem no estilo Identidade Bourne. Ao mesmo tempo que esse segundo filme é uma excelente continuação e trabalha o desenvolvimento e evolução do personagem, aproveita ganchos do filme anterior, contextualiza o herói nos tempos modernos e muda o gênero e tom da história, ele também amarra de forma ótima a história com o universo Marvel e também causa uma mudança de paradigma drástica no universo compartilhado de filmes, cujas consequências veremos em Vingadores – Era de Ultron e Capitão América 3.

O filme é uma adaptação muito fiel do arco do Soldado Invernal de Ed. Brubaker,  levando em conta as alterações feitas para encaixar no contexto dos acontecimentos do cinema. Mostra que é possível fazer um filme de super-herói cheio de ação e com a fantasia dos quadrinhos e ainda sim ser sério e tenso, com muito suspense e tratar de temas atuais, com equilíbrio entre o humor e o drama. É um personagem que tem uma grande bagagem e pano de fundo político e ideológico e por isso rende histórias fantásticas, e o Soldado Invernal é uma delas.

Capitão América 2 - O Soldado Invernal

Capitão América 2 – O Soldado Invernal

As cenas de ação são de tirar o fôlego e extremamente brutais. A coreografia das lutas é excelente, com muito impacto nos golpes e também técnicas de combate avançadas, inclusive golpes de wrestling e MMA mesmo. Destaque para a super-força e habilidades de luta do Capitão que no filme é simplesmente destruidor, um super soldado mesmo. E tudo feito com o máximo possível de efeitos práticos, o que torna tudo muito crível, aliado a uma ótima fotografia.

A trilha sonora do filme é fantástica. O tema musical do personagem ainda é o do Alan Silvestri do primeiro filme, inclusive toca essa trilha logo no começo, mas a trilha sonora deste filme além de situar o personagem para os tempos atuais em mundo mais cinza e sujo, diferente do primeiro filme cujo foco era num filme de aventura, e ela também é muito boa para passar intensidade nas cenas de ação, emoção nas cenas mais dramáticas e tensão nas cenas de suspense.

As atuações são fantásticas. Os veteranos Chris Evans (Capitão América), Scarlett Johansson (Viúva Negra) e Samuel L. Jackson (Nick Fury) aprimoram seus personagens e tem a oportunidade de dar mais profundidade a eles. Como marca dos novos diretores, quase todos os personagens apresentam um monólogo onde conhecemos mais do passado deles. Temos um Steve Rogers muito humano, melhor adaptado aos tempos modernos, mas com os fantasmas de seu passado ainda o assombrando e também um Capitão América muito imponente ao mesmo tempo que é um personagem muito íntegro e também muito humano. A Viúva Negra e o Nick Fury, por outro lado, mostram um lado negro bem interessante na história, nós os vemos de uma forma diferente desta vez.

Captain America - The Winter Soldier (2014)

Captain America – The Winter Soldier (2014)

O Soldado Invernal (Sebastian Stan) agora figura, ao lado do Loki, como melhor vilão dos filmes da Marvel Studios. Eu comparo ele com o T-800 do primeiro Exterminador do Futuro e o Jason de Sexta-Feira. Ele é um inimigo implacável e perigosíssimo que irá te perseguir para sempre sem se cansar. Todas as aparições dele são surpreendentes, chegando a ser assustador mesmo, pois ele aparece do nada e é uma máquina de matar impressionante.

Os demais personagens são muito bem inseridos e apresentados. Falcão (Anthony Mackie) principalmente que constrói uma amizade de forma natural com Steve Rogers e a vontade que fica é a de vê-lo em Vingadores ou em um filme futuro. Katie (Emily VanCamp), ou melhor, Sharon Carter, aparece pouco, mas tem presença e deixa a personagem deixa uma boa ponta para o futuro. Alexander Pierce (Robert Redford) está excelente e ainda traz com ele toda uma carga que ajuda muito no tom do filme. Também a surpresa de personagens da época da Segunda Guerra, período onde se passa o Primeiro Vingador, também tem uma participação ótima no filme, seja por aparição, flashback ou citação.

Intenso e eletrizante, Capitão América 2 – O Soldado Invernal não só é um dos melhores filmes da Marvel Studios como também é um dos melhores filmes de super-herói de todos os tempos ao lado de Homem-Aranha 2, Batman – Cavaleiro das Trevas e Vingadores, além de que também é um excelente filme de ação a espionagem. O filme beira ao impecável, consegue ser equilibrado e ousado, e é um grande marco para os filmes da Marvel.

Nota 10 para Capitão América 2 – O Soldado Invernal.

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é Captain America – The Winter Soldier.

Por Akanadin.

4 thoughts on “Crítica: Capitão América 2 – O Soldado Invernal

  1. Também incluo na lista de melhores filmes de herois já feito homem de ferro1,batman begins e x-men 2.Pensei que depois de cavaleiro das trevas demoraria para ver um filme foda e ai veio vingadores,pensei de novo que ia demorar pra ver um filme foda e ai aparece capitão america e me surpreendi mais uma vez.

    • Acompanhando as notícias, produção e divulgação do filme, eu já sabia que seria muito bom, mas superou minhas expectativas também, que já eram grandes.

      Marvel arrebentou! XD

  2. Pingback: TOP 5: Melhores Filmes de 2014 | MUNDO BIGNADA

  3. Pingback: ESPECIAL 10 ANOS DE MCU: Todas os Reviews dos Filmes da Marvel Studios do Bignada – Mundo Bignada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s