Crítica: Planeta dos Macacos – O Confronto

Somos todos macacos.

Planeta dos Macacos - O Confronto
Planeta dos Macacos – O Confronto

E Planeta dos Macacos – A Origem foi um filme que pegou todos de surpresa anos atrás pelo fato de pegar uma franquia até então desacreditada e também desgastada e revitaliza-la em um excelente filme, além de também ser um dos poucos reboots criativos, pois consegue reinventar acontecimentos, fazendo muitas alterações e dando uma nova origem de acontecimentos, e ao mesmo tempo respeitar a história original, fazendo diversas referências e preservando a essência de Planeta dos Macacos de forma excelente e muito competente.

Nos filmes antigos original temos como proposta principal nos apresentar um mundo onde os macacos são os seres dominantes do planeta e os humanos são os animais, ou seja, mostrar um mundo de valores reversos. Nos filmes posteriores começou a ser trabalhada a figura do Cesar, o primeiro macaco inteligente, e vemos todo um processo que levou ao surgimento daquela sociedade. Nos filmes novos, por outro lado, vemos o caminho inverso onde primeiro vemos o Cesar e o surgimento da sociedade dos macacos. O que é muito curioso, pois, por dedução, em algum momento temos que ver em algum filme os macacos sobrepujando os humanos, mas como a história tomou seus próprios rumos fica difícil imaginar claro que vai acontecer, ainda mais agora.

No primeiro filme somos apresentados a Cesar e os primeiros macacos inteligentes onde temos um antagonismo claro no ser humano e nesse segundo a coisa se torna mais cinza com o antagonismo sendo passado para um macaco, ao mesmo tempo em que eles, os macacos, vão se tornando cada vez mais humanos. A mensagem principal do filme é essa: São todos humanos. É uma história sobre o choque entre duas raças, com seus valores, semelhanças e medos. E… Tudo levará ao Planeta dos Macacos. O final dessa jornada já está definido desde o começo.

Planeta dos Macacos - O Confronto
Planeta dos Macacos – O Confronto

A direção de arte do filme é fantástica desde o efeito de computação gráfica dos macacos, que está aprimorado nessa continuação, até toda a ambientação do filme que basicamente se divide na floresta dos macacos e na cidade em ruínas dos humanos. O filme é mais grandioso do que o primeiro com uma cena de ação com muitos, mas MUITOS macacos mesmo em cena. Fantástico o plano sequência da câmera rodando com o tanque e mostrando o avançar de centenas de macacos.

Novamente, o filme é centrado no personagem César de Andy Smeagle Serkins e neste filme ele é um Spartacus Símio e, aliáis, a trama segue totalmente por esse caminho de mostrar um grupo de “ex-escravos” sendo libertados por um líder pacifista e agora vivem em sociedade, até que eles devem se confrontar com os seus antigos opressores. Nesse sentido, o segundo filme tem uma estrutura mais convencional que o primeiro. Ao redor de Cesar, temos diversos outros personagens, tanto humanos como macacos, que são muito bem trabalhados e neste filme ambos são igualmente bem trabalhados, onde ambos humanos e macacos são seres complexos. Temos mais atuações funcionais do que grande atuações no filme, o que com a boa direção casou muito bem, ainda mais com tantos personagens.

Dawn of the Planet of the Apes
Dawn of the Planet of the Apes

Em suma, Planeta dos Macacos – O Confronto é um excelente filme em todos os aspectos e acima da média, ainda mais se você levar em conta de que é um blockbuster. É um filme bem redondo e deixa um grande gancho para uma continuação pendendo para um lado ainda mais grandioso do que esse em termos de ação se forem trabalhar isso. Em algum momento, para a franquia evoluir, terão de se desvincular do personagem Cesar, apesar de que podem estar planejando fechar uma trilogia com a possível morte do líder macaco. Vai saber? O que importa é que conseguiram pegar a franquia Planeta dos Macacos, revitalizá-la para o cinema moderno e trabalhar em cima dela com argumentos diferentes. Grande mérito.

Nota 10 para Dawn of the Planet of the Apes.

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é Planeta dos Macacos – O Confronto

Por Akanadin.

One comment

Deixe uma Resposta para TOP 5: Melhores Filmes de 2014 | MUNDO BIGNADA Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s