CRÍTICA: Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1

Coração Valente da geração youtube.

Jogos Vorazes - A Esperanca - Parte 1
Jogos Vorazes – A Esperança – Parte 1

Jogos Vorazes surpreendeu muita gente quando foi lançado e Em Chamas expandiu aquele universo e deixou um baita gancho para uma conclusão. Eis que chega A Esperança – Parte 1 para nos conduzir para uma épica conclusão. Num geral, esse talvez seja o filme mais bem resolvido dos três até agora, pois ele tem um direcionamento muito mais claro e, também por isso, foi o filme que menos me surpreendeu. Não há grandes reviravoltas como os dois anteriores, não há tensão também. Leva-me a crer que seja por que é um livro dividido em duas partes, então fica claro que deixaram o melhor para o fim.

A história é basicamente os rebeldes tentando unificar os distritos para enfrentar a capital. O grande mote do filme a viralização da personagem da Katniss, chamada de Tordo durante todo o filme, em vídeos para inspirar e conseguir o apoio dos distritos. Em tempos de vloggers e celebridade da internet, a Katniss é um símbolo cujo carisma consegue milhares de seguidores para a causa, chega ao ápice num video-clipe com a canção tema do filme. Nesse sentido, eu poderia fazer uma alusão ao advento da internet derrubando a televisão que é uma mídia formal e manipulada contra uma mídia livre e sem amarros onde o filme é um grande duelo entre a campanha da rebelião e as transmissões da capital.

Jogos Vorazes - A Esperança - Parte 1
Jogos Vorazes – A Esperança – Parte 1

A atuação da Jennifer Lawrence melhorou como relação ao segundo filme muito por que, na minha opinião, a personagem está melhor definida em suas motivações. Ela carrega o filme com competência com as demais atuações bem equilibradas, onde o filme se segura todo nos diálogos, não em cenas de ação que aqui não existem, com exceção de apenas uma curtíssima. Não é fácil fazer um blockbuster com bom ritmo e sem cenas de ação, mérito do filme cuja maior força é a coesão da direção ao longo da franquia.

Não notei uma grande evolução técnica do Em Chamas para esse novo, o elemento novo são as cenas de nave que são muito parecidas com o Quinjet do filme dos Vingadores. Sai todo aquele visual extravagante e dá lugar a um visual mais contido e um pouco sujo, até pela proposta do filme que se passa todo no lado de fora nos distritos. Quanto a trilha sonora, destaque para a canção tema do filme cantada pela própria Jennifer Lawrence.

The Hunger Games Mockingjay Part 1
The Hunger Games Mockingjay Part 1

Incomoda-me o símbolo de inspiração que a protagonista precisava ser e nesses três filmes ela é tratada muito mais do que se teve tempo para mostrar. E falando em mostrar, a história se tornou muito maior do que simplesmente um reality show transmitido na televisão, há uma crescente guerra com revoltas, greves, confrontos e bombardeamentos, mas não me mostra, por que a produção do filme não tem recurso para isso. Também por isso, senti uma repetição de ver os mesmos poucos cenários o filme todo: Dentro do avisão, os escombros dos distritos e o hall dos rebeldes, sem falar dos bosques que sempre vemos.

Em suma, Jogos Vorazes – A Esperança – Parte 1 é um bom filme e redondinho. Ainda considero o primeiro filme o melhor dos três muito pela surpresa e pela escassez de filmes adolescentes bem feitos e as sequências mantiveram esse padrão de qualidade, mas não tiveram o mesmo impacto. Acabou se tornando algo muito maior do que a proposta inicial, mas mesmo assim é um bom filme para se assistir, que dialoga com os jovens sem ser emburrecido.

Nota

8,5

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é Hunger Games – Mockingjay – Part 1.

Por Akanadin.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s