CRÍTICA: Homem-Formiga

CRÍTICA: Homem-Formiga.

O filme mais Stan Lee da Marvel Studios.

Homem-Formiga
Homem-Formiga

E chegamos ao final da Fase 2 da Marvel Studios com Homem-Formiga, um dos melhores filmes solos do estúdio até então junto com Homem-Ferro e Capitão América – O Primeiro Vingador. O primeiro filme de assalto do gênero de super-heróis com requintes de “Homem-Aranha”, “Querida, encolhi as crianças”, “Missão Impossível”.

Homem-Formiga foi mais um aposta arriscada da Marvel que resultou num excelente filme, um dos melhores do estúdio, o que talvez mostra que o estúdio é melhor em desenvolver histórias de personagens menores e pouco conhecidos ou que o estúdio evoluiu muito a sua fórmula a ponto de poder adaptar qualquer um dos personagens do seu imenso catálogo.

O personagem acaba sendo o Homem-Aranha da Marvel Studios (Se o personagem não tivesse sido negociado com a Sony). Ele é uma pessoa comum com problemas cotidianos, inicialmente um perdedor que depois recebe grandes poderes, usa o nome de um inseto, possui todo um background científico e tecnológico, faz piadas, enfim… Ele possui uma vibe muito grande do tipo de personagem que o Stan Lee escrevia nos anos 60.

Ant-Man (2015)

Visualmente talvez seja o filme mais impressionante da Marvel, onde os efeitos especiais são parte vital da narrativa. O efeito especial do Scott Lang encolhendo e crescendo diversas vezes ao longo do filme e a perspectiva de um mundo gigantesco ao seu redor ficou fantástico. É um filme onde a maior parte dos efeitos especiais não é usada para a ação, como a grande maioria dos filmes de super-herói, incluindo os da própria Marvel, então o filme impressiona sem precisar de cenas de luta o tempo todo. Com esse clima de aventura, há cenas que são referência direta a “Querida, encolhi as crianças”, as cenas no quintal com as formigas.

A trilha sonora também se destaca por ser uma mistura de temas de filmes de assalto com músicas mexicanas, ritmos muito diferentes do padrão épico de filmes de super-herói onde se espera algo orquestrado. Nesse sentido, Homem-Formiga é como Guardiões da Galáxia, a trilha sonora passa muito bem a vibe do filme.

Paul Rudd é carismático e interpretou muito bem o Scott Lang, um ladrão que está tentando levar uma vida correta e se aproximar novamente da filha. Michael Douglas faz um velho e aposentado Hank Pym, consegue passar o peso de um personagem que já viveu muita coisa. Evangeline Lily é Hope, filha de Hank Pym, e ela tem muitos problemas com o pai, por causa do falecimento da mãe, e ela desejava vestir o traje do Homem-Formiga. Michael Peña e os demais amigos de Scott Lang são um alívio cômico muito divertido do filme.

Homem-Formiga (2015)

As referências e ligações do filme com o resto do Universo Marvel Cinematográfico são vastas, sendo um dos filmes com mais referências dentre os da Marvel. Peggy Carter e Howard aparecem no começo do filme junto com Hank Pym. Temos a participação do Falcão em uma luta muito boa entre ele e o Homem-Formiga na nova base dos Vingadores, onde os eventos de Vingadores – Era de Ultron são citados. A Vespa original, Janet Van Dyne, é parte importantíssima da história e vemos o que aconteceu com ela. A Hidra estava interessada em comprar a tecnologia do Jaqueta Amarela.

Como defeitos, talvez o vilão não seja tão interessante, lembra bastante o Obadiah do primeiro filme do Homem de Ferro, mas para mim isso não comprometeu. Visualmente ele funciona muito bem e o filme se segura mais no Scott Lang e no Hank Pym. Também o padrasto da Catherine, policial, e a ex-mulher do Pym não foram muito desenvolvidos, mas nem precisou.

Homem-Formiga é um filme de assalto e super-herói muito divertido e visualmente fantástico. Prova que tamanho não é documento e um dos personagens mais subestimados dos quadrinhos foi capaz de fazer um filme de origem excelente. Pequeno herói, grande filme.

Nota
10

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é Homem-Formiga.

Por Akanadin.

Anúncios

Autor: Akanadin

Akanadin, o criador e dono do blog Mundo Bignada.

3 opiniões sobre “CRÍTICA: Homem-Formiga”

  1. Quero dizer-lhe que adoro os filmes porque são muito interessantes, podemos encontrar de diferentes gêneros. De forma interessante, o criador optou por inserir uma cena de abertura com personagens novos, o que acaba sendo um choque para o espectador. Desde que vi o elenco de Homem-Formiga imaginei que seria uma grande produção, já que tem a participação de atores muito reconhecidos, pessoalmente eu irei ver por causo do ator Martin Donovan, um ator muito comprometido. Eu o vi recentemente em Farenheit 451 Filme. É uma historia que vale a pena ver. Para uma tarde de lazer é uma boa opção. A direção de arte consegue criar cenas de ação visualmente lindas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s