CRÍTICA: Rogue One: Uma História Star Wars (2016)

Um impressionante fanfic.

Rogue One - Uma História Star Wars

Rogue One – Uma História Star Wars

E finalmente estreia o filme Rogue One: Uma História Star Wars, o primeiro spin off da nova leva de filmes baseados em Guerra nas Estrelas e o primeiro episódio não numerado da franquia.

Esse é um filme que tem uma linguagem moderna, mais do que o Despertar da Força. A primeira cena do filme lembra o começo de Bastardos Inglórios, com os nazistas chegando numa fazenda. Há cenas que tem um tom de filme de kung fu chinês e outra que lembra um slasher dos anos 80. Já a grande batalha final lembra a linguagem de video-game como Battlefront e outros jogos de Star Wars e ficou excelente.

Agora, é um filme meio desnecessário, pois já sabemos tudo que iria acontecer nele e narra um evento que já conhecíamos através de citações dos personagens. É um exercício multi milionário de dar forma a imaginação, mas é um filme muito competente mesmo que um fanfic.

Rogue One – A Star Wars Story

Quanto aos atores, o ponto fraco fica para a protagonista que tem o mesmo problema de outras protagonistas femininas recentes como a Katniss do Jogos Vorazes. Aquela personagem que não quer se envolver e não tem motivação e então subitamente passa a se tornar uma figura de liderança de forma artificial, o que não convence.

Já os coadjuvantes, tanto os do lado dos rebeldes quanto do lado do império, são bem interessantes e seguram o filme pela variedade de motivações, dando uma riqueza para o filme.

Rogue One

Em termos de efeitos especiais, o filme é um espetáculo assim como Star Wars – O Despertar da Força. Cenários belíssimos, passando uma grandeza das cidades, ambientes, bases, naves e planetas. Sendo bem fiel ao visual do Uma Nova Esperança parece tudo antigo, ponto forte do filme, mas o visual é fantástico em cada detalhe.

A trilha sonora do filme passa batida. Fora o tema do Darth Vader, mesmo que diluído, nada chega perto das trilhas da trilogia clássica e trilogia prequel, ponto fraco também de o Despertar da Força que ainda se sai melhor que Rogue One nesse aspecto.

Darth Vader (Rogue One: Uma História Star Wars)

Darth Vader (Rogue One: Uma História Star Wars)

O grande destaque do filme certamente vai para Darth Vader, que rouba a cena completamente mesmo com a pouca participação. Finalmente podemos ver o poder do vilão sendo representado com a tecnologia de efeitos especiais de hoje em dia e o resultado é fantástico.

A cena final do filme lembrou um massacre do Jason em Sexta-Feira 13, algo que combinou muito bem com o tom que eles queriam passar da presença e ataque do personagem.

Rogue One – Uma História Star Wars

Rogue One – Uma História Star Wars

Em suma, Rogue One – Uma História Star Wars é um filme muito bom. Considero melhor do que o Star Wars – O Despertar da Força por agora sim fazer um filme diferente ao invés de um mero remake do filme antigo. Ainda segura-se no que foi feito no passado e inova pouco, mas é um bom filme.

Agora, espero que o Episódio VIII não seja tão baseado em fanservice e auto-reverência como foram Despertar da Força e Rogue One, pois a saga precisa de uma verdadeira renovação. Rogue One pouco acrescenta ao universo Star Wars, pois narra uma história de uma período que já vimos várias vezes e já conhecíamos. Como proposta de ser o primeiro de uma série de filmes crônicas de Star Wars cumpriu bem a sua função.

Resumo da Crítica:

Pros:

-Darth Vader

-Cenas de batalha impressionantes

-Bons personagens coadjuvantes

-Fanservice bem utilizado

-Drama mais maduro

Contras:

-Jin Erson protagonista fraca.

-Pouco acrescenta ao universo Star Wars.

-Primeira metade fraca do filme.

Nota

8,8

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é Rogue One: Uma História Star Wars.

Por Bruno Akanadin.

Anúncios

Sobre Akanadin

Akanadin, o criador e dono do blog Mundo Bignada.
Esta entrada foi publicada em Cinema com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s