REVIEW: Nanatsu no Taizai – Os Prisioneiros do Céu (2018)

O céu é o limite e também o começo.

Nanatsu no Taizai - O Filme - Orisioneiros do Céu
Nanatsu no Taizai – O Filme – Orisioneiros do Céu

E finalmente estreia o primeiro filme de Nanatsu no Taizai, disponível primeiro para nós na Netflix ainda no final de 2018. Veremos pela primeira vez o anime de Nanatsu numa produção cinematográfica.

Nanatsu no Taizai Movie: Tenkuu no Torawarebito é interessante por nos dar uma amostra do que seria o clã das deuses, mas sem mostrar o reino deles ou personagens mais importantes. Vemos descendentes deles vivendo isolados na cidade do céu sem saber o que se passa na Terra, que são como anjos.

O filme tem cenas de ação muito boas, com todos os Pecados Capitais participando da pancadaria. E os sete pecados, mais a Elizabeth e o Hawk são tão carismáticos e tem interação tão boa que carregam o filme fácil.

A animação do filme é a mesma do anime, com mais qualidade e detalhes obviamente. A trilha sonora também é a mesma do anime, então já sabem o que esperar.

O ponto fraco do filme são que os personagens originais, tanto o povo da cidade do céu quanto os vilões demônios que não tem uma personalidade muito marcante. Os principais são uma contraparte do Meliodas e Elizabeth e o vilão principal também não passa de um Hendrickson genérico.

Nanatsu no Taizai Movie: Tenkuu no Torawarebito
Nanatsu no Taizai – Os Prisioneiros do Céu (2018)

Em suma, é um filme muito bom. Melhor do que os primeiros filmes de Naruto, Bleach e One Piece por exemplo, que pouco acrescentavam ao universo dos seus animes/mangás. Como primeiro filme, mandaram muito bem como uma primeira iniciativa. No futuro devem vir vários.

REVIEW POCKET:

Positivo:

-Cenas de ação muito boas

-Premissa interessante

-Modesta expansão do universo

-Carisma dos protagonistas

Negativo:

-Personagens originais não muito marcantes

Nota

9,0

Na expectativa dos vindouros filmes de Nanatsu no Taizai.

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é REVIEW: Nanatsu no Taizai – Os Prisioneiros do Céu (2018).

Por Bruno Akanadin.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s