REVIEW: Academia de Heróis – Dois Heróis (2018)

Duro de Matar com Super-Heróis de Anime Shonen.

Academia de Heróis - Dois Heróis (2018)
Boku no Hero Academia – Two Heroes (2018)

E finalmente pude assistir ao primeiro filme de Boku no Hero Academia, aqui no Brasil, intitulado de Academia de Heróis: Dois Heróis.

O filme tem uma história simples. Basicamente é o Duro de Matar versão Shonen. Terroristas capturam All Might e várias pessoas dentro de um prédio e Deku e os outros alunos da U.A. têm que sozinhos achar uma forma de resgatar os reféns.

A história começa com All Might jovem recém chegando nos E.U.A. onde ficou muito famoso, virando o equivalente ao Superman. Depois segue ali os alunos todos se encontrando convenientemente na ilha e aí suas férias são frustradas quando o grupo de terroristas aparece. A virada de roteiro que explica esse ataque terrorista é bem bacana, aconteceu de forma bem coerente.

Um dos melhores momentos do filme é a batalha final, onde vemos pela primeira vez All Might e Deku lutando juntos. Fora a animação em si dessa batalha que é sensacional, seguindo o estilo do anime.

Boku no Hero Academia - Two Heroes
Academia de Heróis – Dois Heróis

Eu esperava mais do filme, dado que o anime é um dos melhores da atualidade. Os dois personagens do filme (Dave e Melissa Shield) tem um bom desenvolvimento, mas suas histórias não são tão emocionantes. Nem são muito criativos, a Melissa é uma mistura de Hatsume com o próprio Midoriya.

Esperava mais sendo mostrado do All Might jovem, pois a divulgação do filme dava a entender que seria focado nisso. Talvez não podiam mostrar muito, pois o próprio anime/mangá de Boku Hero Academia irá fazê-lo.

Em suma, é um bom filme. Não tem nada demais, mas é bem divertido e agrega um pouco a mitologia do All Might. Como um primeiro filme acho satisfatório. Fica no mesmo nível do filme do Nanatsu no Taizai.

REVIEW POCKET:

Positivo:

-Animação boa

-Boas lutas

-Bom ritmo

-Bom desenvolvimento dos personagens

-Excelente batalha final

-All Might e Deku lutando juntos pela primeira vez!

Negativo:

-Personagens novos pouco inspirados

-Algumas conveniências de roteiro

-Mostra pouco do All Might Jovem

Nota

8,0

O filme irá estrear em 2019 nos cinemas brasileiros. Ainda sem data confirmada.

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é REVIEW: Academia de Heróis – Dois Heróis (Boku no Hero Academia: Two Heroes) (2018).

Por Bruno Akanadin.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s