Na Teia do Porco-Aranha: James “Pig” Camarão – Avatar Sucks: A Lenda do Porco-Azul

Na Teia do Porco-Aranha: James “Pig” Camarão – Avatar Sucks: A Lenda do Porco-Azul.

Era uma vez um camarão. Um camarão nem azul nem tão pouco dourado, era uma camarão safado. Certa vez passava um caranguejo e sua casca, o camarão safado viu e teve uma idéia nefasta. O camarão sacana, roubou o banana, escapou da cana, embolsou uma grana. Essa é a história do diretor James Camarão. Ele o plagiador de olhos azuis, robando idéias a anos luz.

James Camarão… Você está aqui e agora… Na Teia do Porco-Aranha!

Na Teia do Porco-Aranha
Na Teia do Porco-Aranha

Avatar foi um dos piores filmes que já vi na vida. Este amálgama de Pocahontas+Matrix me deixou muito zangado. Avatar é muito ruim. Eu já assisti Pocahontas. Eu já vi Matrix. Excelentes filmes. Agora, Avatar que copia ambos, é muito ruim. Resumo de filme: Índios contra Soldados. Esse tipo de clichê me deixou furioso. Cacete, o objetivo dos vilões do filme é roubar um mineral valioso que existe na terra dos Na´vi. FUCK YOU JAMES CAMERON, YOU SUCK! Esse filme tinha hype demais e só vale pelos efeitos, que nem são essa explosão toda. Assisti a esse filme em uma sala de cinema normal, para que o poder do 3D e do lado sombrio não desvirtuassem a minha mente. Esse filme é um lixo. Só não estará na sessão da tarde pelos efeitos, duração e hype.

Em poucos linhas, eu descrevo esse filme clichê:

-Soldado é mandado para destruir os índios.Ele se perde na selva. Um índia salva-o, o odeia metade do filme, se apaixona por ele e se amam. Soldado é acolhido pelos índios. Soldado treina e vira um índio. Soldado passa para o lado dos índios. Pessoas de bem também. Índios com arcos e flechas vencem os soldados. Fim. Com direito a macumba, sinta a natureza, proteja a natureza, noivo corno, chefe e xamã, general casca-grossa, etc…

Todo mundo sabe com esse filme começa, segue e acaba antes de ir ao cinema e eu alimentei a idéia contrária. Sou uma besta.

Na´vi Pig: I´m The Avatar!
Na´vi Pig: I´m The Avatar!

Cara, muito ruim esse filme. Além ruim, ele é maligno, pois por causa dele o Avatar da Nicklodeon deverá se chamar somente A Lenda de Aag e não Avatar – A Lenda de Ang, por causa do James Camarão idiota que comprou os direitos de nome. Acho muito mais coerente Avatar como A Lenda de Ang do os Felinos de Pandora. Qual a relevância do nome Avatar? Só impacto. Enquanto essa palavra é dita umas cinco vezes ao longo do filme, em A Lenda de Ang ela será dita umas 100 vezes. Mais útil para roteiro, mas o James Camarão tem mais grana.

Avatar - O Filme
Avatar - O Filme

Grana. Essa é a palavra chave. Money. Quem tem o dinheiro dita as regras. Avatar não é arte. É dinheiro. Muito dinheiro usado para mimetizar a arte. Eles só criaram a sensação de arte para enganar mentes fracas.

Avatar plágio de Timespirits da Marvel Anos 80
Avatar plágio de Timespirits da Marvel Anos 80

Que Avatar não é original todo mundo sabe, é óbvio. Agora, Avatar também é um grande plágio. Óbvio que nada acontecerá com James Camarão, pois He have money, mas que é plágio é. Também um escritor que reclamou de plágio contra Avatar, mas não vou entrar nesse assunto. Os Na´vi, se é assim que se escreve essa bagaça, não passam de elfos azuis. Alguém discorda. Eles são só isso. Elfos azuis com Entrada USB e Bluetooth. 🙂

Thundercats+Smurfs=Avatar
Thundercats+Smurfs=Avatar

Essa é a fórmula usada  por James Camarão para o sucesso. Thundercats+Smurfs=Avatar. Entretanto, não é por que duas coisas distintas são boas que juntas formarão algo maravilhoso.  Veja só:

Sanduíche+Refrigerante=Banheiro depois.

Então, não é porque algo parece genial e quando vai ver parece genial e sente que é genial e pode ser mesmo genial é que vai dar bons frutos. Sanduíche e Refrigerante é uma coisa tentadora, mas X-Salada+Coco-Cola é um idéia que vai valer a pena. Sanduíche de Barata+Refrigerante sabor Urina=B****. Então, Avatar é um promessa, um plágio, uma decepção.

Jeremias is the Avatar
Jeremias is the Avatar

Um dia eu vi alguém dizendo que assistir Avatar em 3D era como usar LSD. É mesmo. Uma droga. Toda droga tem o seu prazer, senão ninguém usaria droga, não é? Drogas viciam e vendem muito. Avatar também. A diferença: Não há diferença. Ambos estão sendo combatidas rapidamente surgirá um filme com mais bilheteria com a qualidade bem maior que Avatar. Esperar demais que esse filme possa ser o Toy Story 3? Posso estar sonhando, mas falo com confiança: Toy Story 3 tem condições de superar Avatar em bilheteria, mas isso merece um post no futuro.

James Camarão
James Camarão

James Camarão ou James “Cameraum” ou James Cameron, você é um idiota e agora você preso para sempre na justiça da Teia do Porco-Aranha.

Joker aplaude o excelente post! Joker se prepara para comer um James Camarão
Joker aplaude o excelente post! Joker se prepara para comer um James Camarão

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada se cria, tudo se copia.

Por Porco-Aranha.

Anúncios

Na Teia do Porco-Aranha: I´m Back!

Na Teia do Porco-Aranha: I´m Back!

I´M BAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAACK!

The Amazing Spider-Pig is Back Forever
The Amazing Spider-Pig is Back Forever

Sentiram minha falta? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

O que seria do Bignada Quasar sem mim? Bom… Seria pior. Eu acho. Nem sei mais. Seria a mesma coisa. Seria… Argh… Claro que não. 🙂

Os posts mais polêmicos e divertidos estão de volta. Afinal, Akanadin… Eu sou seu maior fã. (Direitos reservados a Disney/Pixar).

Começamos a partir de agora. Um post que pretendia fazer desde dezembro atrás. Em breve, daqui a pouco. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é In Web of Spider-Pig.

Por Porco-Aranha.

Super Combate: Superman Vs. Goku

Super Combate: Superman Vs. Goku.

Goku Vs. Superman
Goku Vs. Superman

Em minha opinião, o combate não duraria nem 5 minutos. Superman de Kripton e Goku de Vegeta, um kriptoniano contra um sayajin. O resultado não seria outro senão a vitória de Kakaroto. Superman é extremamente Ower-Rated. Ele não se compara com Goku, mas há versão do mesmo que beiram a onipotência como o Superman Dourado (Nada parecido com o Super Sayaji, não?). Superman no sábado vence o Doomsday e na segunda apanha pro Batman. Nunca que o Batman venceria Goku. Além deste não ter um ponto fraco e ser um mestre das artes marciais maior que o morcego, tem recursos suficientes para sobreviver a qualquer coisa que o Batman pensar. Pode jogar 10 bombas nucleares que Goku aguenta no peito, joga todas no espaço ou na cara do morcego com o Ki ou se esta ameaça mostrar perigo usa o teletransporte ou sua agilidade para sobreviver, isso porque estou falando do Goku sem se transformar em Super Sayajin. Goku Super Sayajin 3 não pode ser derrotado por nada na Terra, ainda porque o Universo pouco o ameaça. Nem os deuses dos deuses chegam perto de seu poder. É claro que os deuses de Dragon Ball são menos caricatos que os da DC Comics, não possuindo o conceito tão infantil que é chamado de Onipotência. Até porque nem os deuses dos quadrinhos da Liga da Justiça apresentaram Onipotência. Em certos momentos eles cometeram erros e isso vai contra o conceito de onipotência, que considero naturalmente contraditório.

Superman Vs. Goku
Superman Vs. Goku

Superman tem super-força (Já empurrou Saturno, mesmo que seja fisicamente impossível), tem super-velocidade (Já voou na velocidade da luz ao redor da Terra várias vezes que fez o tempo voltar, outro absurdo). tem super-sentidos (poucos explorados), visão de Raio-X (Para momentos de investigação), visão de calor (Inútil contra alguém como Goku), fica mais forte por causa do Sol (Falou Homem-Green) e ponto fraco Kriptonita (Ora por favor, que bobagem).

Agora Goku tem: O melhor treinamento em artes maciais possível, super-força, super-velocidade, sentir o ki, lançar energia, Kamehameha, Genki-Dama, Kienzan, Teletransporte, Técnica das Múltiplas Imagens e várias outras técnicas que aprendeu ao longo da vida. Ele possui tantas maneiras de derrotar Superman que é brincadeira. Se eles forem lutar pela primeira vez sem se conhecer, ambos farão o básico: Bater no adversário. Só aí o Superman se enrola todo. Superman tem o longo história de socos e Goku é completo. No primeiro Kamehameha, o Superman vai pra casa chorando. Se eles já se conhecerem, Goku teletransporta ele em um planeta e deixa ele lá, destrói o planeta com ele junto, leva para um sistema com Sol vermelho, planeta sem ar (Teleporte, dá tchau e caí fora. O Super prende o ar até morrer. O que ele pode fazer? Sair do planeta). Entretanto, isso não seria necessário: Um soco no queixo ou uma joelhada na barriga acabariam com o Super.

Então…

Superman Vs. Kakaroto - Goku Wins Perfect
Superman Vs. Kakaroto – Goku Wins Perfect

Fui totalmente parcial, mas de que maneira o Super venceria Goku? Goku pode destruir o planeta e se mandar, mas o contrário faria o Superman se matar. Raios de calor são piadas para Goku. Este já esteve cara a cara com um Sol e nada sofreu (Mesmo estando com um traje especial de astronauta, mas cada um faz o que quer). Superman pode trocar golpes com Goku, mas ele se lasca legal. E… Acabou os recursos do Super. A única coisa que pode salvar o Super é sua resistência, mas dúvido que ela seja suficiente para aguentar um soco de Goku.

Superman Down. Goku Wins. Perfect.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Super Combate.

Por Akanadin.

Super Combate: Bignada Quasar C.O. Fights – Novo quadro fanfiction de analise de combates em personagens, ou seja, o cotidiano de um nerd

Super Combate: Bignada Quasar C.O. Fights – Novo quadro fanfiction de analise de combates em personagens, ou seja, o cotidiano de um nerd.

Todo nerd entra nesse tipo de discussão. Quem é mais forte? Marvel esmaga DC! DS destrói Marvel? Superman vence Goku? Só nos seus sonhos! Batman vence todo mundo! Hulk esmaga todo mundo! Galactus vence todo mundo! X-Men é a melhor equipe! Perde dos vingadores! Batman é roubado! Superman é bucha!

Então, o bom é entrar nesse que segundo as estatísticas do blog estão em alta.

A primeira luta e mais falada do blog estará acima.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é CO.

Por Akanadin.

Crítica: Frost/Nixon

Crítica: Frost/Nixon.

Frost/Nixon
Frost/Nixon

Nixon. Presidente dos Estados Unidos da América no filme Watchmen, no seriado e filmes de Futurama e nos pesadelos das pessoas honestas dos E.U.A.

Neste filme nós temos praticamente um documentário sobre este que foi o único presidente dos E.U.A. a ser deposto do cargo. Embora, o filme não seja um simples documentário. Há cenas tensas e muito interessantes. O poder e capacidade da televisão, ética e verdade, o poder da manipulação e da dissimulação. Os dois personagens principais que dão nome ao filme são David Frost e o Ex-Presidente Nixon logo após renunciar.  O filme é muito bom. Minha maior fonte de conhecimento sobre Nixon foi nesse filme. Valeu a pena por isso, não?

Nota 8,5 para o filme.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Nixon.

Por Akanadin.

Crítica: Valsa com Bashir

Crítica: Valsa com Bashir.

Valsa com Bashir
Valsa com Bashir

“Em 14 de setembro de 1982, o presidente do Líbano, Bashir Gemayel, eleito apenas três semanas antes, foi alvo de um atentado na sede de seu partido. Atordoados pela morte de seu líder e sedentos de vingança, soldados da milícia falangista (cujo fundador fora Pierre Gemayel, pai de Bashir) atribuíram a responsabilidade pelo assassinato aos palestinos ainda residentes em Beirute, muito embora não houvesse qualquer confirmação desse fato. Dois dias depois, eles invadiram os campos de concentração de Sabra e Shatila, ao sul de Beirute, no Líbano, e pelos três dias seguintes, massacraram centenas de homens, mulheres e crianças. Dependendo da fonte consultada, o número de mortes varia entre 700 a 3000 pessoas.”

Esta é uma pequena aula de história, que devo dizer não era de meu conhecimento quando assisti a esse filme a dois dias atrás.

Valsa com Bashir é um filme cru, real, forte. Muito forte mesmo. Se você pensar no início e no meio do filme, verá um filme de animação série. Aliais, não confere dizer até o meio. Até o fim você pode assistir a uma animação série. Este é um filme de guerra. Sangue espirra quase sempre, mas este também é um filme poético. Há cenas bonitas com textos bem escritos.

O filme é sobre um soldado que perdeu a memória e ele viaja perguntando a outros soldados e pessoas que estavam na guerra sobre o que aconteceu. Então o filme é narrado por essas pessoas que contam suas histórias para que o soldado recupere a sua memória. Devo dizer: Quando ele recupera a memória, isto acontece verdadeiramente só no final, a cena a forte. Muito forte. Este filme tem um final mórbido, mas 100% fiel a realidade, afinal é a realidade literalmente na tela.

Nota 9,0 para o filme.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Valsa.

Por Akanadin.

Windows versus Linux: Guerra dos S.O.

Windows versus Linux: Guerra dos S.O..

Linux VS. Windows
Linux VS. Windows

Este é um assunto muito badalado não só aqui na internet e no blog, mas na vida real como em minha faculdade e escolas. Os nerds batalham sem descansar.

Windows versus Linux: a batalha pelo seu desktop

Com o lançamento da primeira versão beta do Windows 7, o sentimento que está no ar é que a Microsoft finalmente criou o Windows que estava prometido há tempos. Eles tinham poucas escolhas: a reação pública e profissional ao Vista e a pressão por dispositivos de tecnologia de baixo custo com o Linux, significava que eles tinham de agir rápido.

Há um debate acalorado no ar sobre o que há de significar o 7 tanto para o Windows quanto para o Linux. O último suspiro da Microsoft? Um novo inimigo de peso para o Linux? Uma inspeção detalhada nos mostra que não se trata de nenhuma dessas opções.

O Linux traçou seus próprios caminhos no desktop e tornou possível construir netbooks a um custo baixo – e enquanto o Windows 7 vai quase certamente abocanhar uma parte deste mercado e impressionar os usuários Windows existentes ainda mais, o Linux se torna seu próprio propulsor.

Neste especial analiso como o Windows 7 e o desktop Linux se formam um contra o outro, principalmente sob a luz do que veio antes em ambos os lados. Não se trata de uma revisão formal. Em primeiro lugar, o Windows 7 não será lançado até o fim do ano. Em segundo, o objetivo aqui não é premiar a nova versão do sistema operacional da Microsoft tampouco o Linux. Este é um exercício que os dois são comparados lado a lado, para ver o que cada um faz.

Instalação

Uma vez que as pessoas tipicamente compram o Windows já instalado no computador, elas não têm que lidar com o processo de instalar o sistema operacional. O mesmo serve para máquinas que vem com Linux pré-instalado. Entretanto, os que estão testando a versão beta do Win 7 – e o que instalam o Linux em um sistema existente – têm de passar pelo processo de instalação de alguma forma.

O processo de instalação do Windows 7 deve ser familiar para qualquer pessoa que tenha instalado o Vista: é significativamente mais rápido que instalar o XP e requer menos escolhas de instalação pelo caminho.

O Windows 7 ainda insiste muito em ser o primeiro sistema operacional no sistema. Se você quer criar um boot dual, é preciso que você instale alguma versão do Windows primeiro, depois o Linux. Caso não faça dessa forma, você terá que reparar um ou outro sistema operacional para que se consiga o boot.

Algo que o Windows conseguiu adicionar ao passar do tempo foi um melhor suporte de ambiente pré-boot. Você pode fazer o boot do DVD de instalação e ter um console de comando para administrar funções de administração, incluindo um sistema completo de image recovery (desde que você tenha feito um no começo).

Instalar o Linux costumava ser complicado, mas o processo se tornou mais fácil. O Ubuntu  até te dá a opção de rodar direto em uma partição Windows (característica “Wubi”) com somente um hit de desempenho menor. Outra mudança positiva é como o “nível de hit” para a detecção de hardware foi feito com lançamento sucessivo. Agora estou no ponto onde um de meus notebooks tem todos de seus variados componentes detectados nativamente no Linux e não requer tinkering para funcionar.

Outro assunto que o Linux continua a oferecer neste aspecto – e o que o Windows parece continuar incapaz de oferecer devido suas limitações de arquitetura – é o CD ou drive USB. Faça o boot e você estará numa cópia completa do sistema operacional, com a maior hindrance sendo a velocidade de transferência da mídia de boot.

Este tipo de coisa somente é possível no Windows com muita acrobacia; no Linux, é tão natural quanto respirar.

Microsoft Vs. Linux
Microsoft Vs. Linux

Quem vai vencer a batalha? Por que e como? Descubra agora! Vamos apenas ter um olhar para as maiores diferenças entre Windows e Linux. Fonte O Windows tem um código fechado, ou seja, ninguém será capaz de ler o código fonte, ou ajustá-lo, a menos que a pessoa estaria trabalhando para a Microsoft.

MSLinux
MSLinux

Quem vai vencer a batalha? Por que e como? Descubra agora!

Vamos apenas ter um olhar para as maiores diferenças entre Windows e Linux.

Fonte

O Windows tem um código fechado, ou seja, ninguém será capaz de ler o código fonte, ou ajustá-lo, a menos que a pessoa estaria trabalhando para a Microsoft. Linux é executado por tantas pessoas, que realmente não há nenhuma maneira para Linux para que nunca morrem. Uma vez que alguém pára de funcionar em Linux, o conceito de fonte aberta permite que outra pessoa a assumir a idéia e continuar trabalhando nele. Windows não tem isso.

Gols

Linux é objetivo é proporcionar um clima estável, rápido, e mais importante de todos – sistema operacional livre. Isto já é muito atraente porque a palavra “livre” é mágica para muita gente. Por que pagar algumas centenas de dólares se você pode obter um sistema operacional de graça? Isto é simples. Todo mundo tem seu trabalho em um computador com Windows, e não acho que eles vão ser capazes de continuar o seu trabalho em outro sistema operacional.
O objetivo da Microsoft é, basicamente, para ganhar dinheiro. Claro que vai dizer o contrário, mas todos nós sabemos que ganhar dinheiro é um dos seus principais objetivos.

Problemas?

Há um monte de problemas quando se trata de Windows, mas certamente também para o Linux. Agora mesmo, o Linux não tem muitos adeptos grande. Não muitos vendedores fazem drivers para Linux. Em outras palavras, o Linux não suporta tanto hardware quanto o Windows.

Conclusão

A batalha vai durar muito tempo. A comunidade Linux está crescendo como nós falamos, mais e mais vendedores criar drivers para Linux, e ao desenvolvimento do Linux e suas distribuições, continuar a cada dia. Linux está começando a se tornar rico em recursos, funcional, e um concorrente real para a Microsoft.
A Microsoft está fazendo muito bem – já rich, funcional, e apoiada pela maioria das grandes empresas – Windows nunca vai estar em apuros – as pessoas vão sempre continuar a usar o Windows. Ele vai levar um tempo até que vemos uma grande diferença, pois realmente – Microsoft não vai parar, e Linux não está pensando em parar qualquer um.

Windows Vs. Linux - Libra
Windows Vs. Linux - Libra

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Virtual War.

Por Akanadin.