Bignada Awards: Pior Filme do Ano, Filme Mais Decepcionante do Ano, Filme Mais Sem-Graça do Ano, Momento “OMG”, Momento “What´s a Hell”

Bignada Awards: Pior Filme do Ano, Filme Mais Decepcionante do Ano, Filme Mais Sem-Graça do Ano, Momento “OMG”, Momento “What´s a Hell”.

The Poskar - Bignada Quasar Awards
The Poskar - Bignada Quasar Awards

Sem perder tempo, mais premiações.

Pior Filme do Ano:

Dragonball Evolution
Dragonball Evolution

O filme que ninguém esperava que fosse bom e acabou sendo pior do que o esperado. Aquele filme que até uma criança percebe que é muito ruim. Aquele filme que é uma porcaria sem salvação. De longe o pior filme do ano.

Ops… O que está acontecendo? Ah sim… Empate Técnico.

Pior Filme do Ano Também:

Street Fighter - Legend of Chun Li
Street Fighter - Legend of Chun Li

Se ainda havia alguma esperança que Dragonball Evolution fosse pelo menos assistível, não havia possibilidade alguma desse filme ser bom. É horrível. O que será que a Fox, ou mesmo os E.U.A, tem na cabeça quando vão adaptar alguma coisa do Japão. Será que ninguém se dá ao mínimo trabalho de conhecer a obra ou eles faz ruim de propósito mesmo? Não sei, mas esse filme acima é péssimo e faz o antigo do Van Damme parecer épico.

Filme Mais Decepcionante do Ano:

X-Men Origins Wolverine
X-Men Origins Wolverine

O que podia ser um filme fodz, acabou sendo o filme mais sem noção e estúpido do ano. Até o nome do filme é idiota. O filme é cheio de altos e baixos e um grande potencial, mas o conjunto é fraco. Se muitas adaptações pecam na fidelidade, este é o cão chupando manga dos horrores dos cineastas cheiradores de gatinhos de Hollywood. O filme atira para todos os lados e não acerta lugar nenhum. Talvez com outro diretor e principalmente outro estúdio, ficaria bom, mas do jeito que foi, não foi bom.

Filme Mais Sem-Graça do Ano:

Friday 13th
Friday 13th

É incrível como a tecnologia de hoje retrocedeu tanto a ponto deste filme ser o menos violento de todos os outros Sexta-Feira 13. Muito melhor do que o “Jason vai para o inferno”, mas muito inferior dos filmes do 1 ao 8. Mortes limpas e leves. É um filme até divertido, mas não é aquele slash que eu estou acostumado. Nesse quesito, até o Freddy Vs. Jason tem mais impacto e olha que nem é um filme de terror. Tem méritos por trazer o Jason as suas origens, mas espero que o segundo seja mais malvado.

Momento “OH MY GOD!”:

Michael Jackson
Michael Jackson

Esse ninguém esperava. Longos meses e até hoje homenagens foram feitas ao rei do pop. Enfim, foi o momento: “OH MY GOD!”.

Momento “What´s a Hell!”:

Disney Compra Marvel
Disney Compra Marvel

Essa foi fodz. Ninguém poderia imaginar que aconteceria, mas era até óbvio. Como a DC e a Marvel sempre foram concorrentes, a Warner e a Disney sempre inimigas e DC Vs. Marvel tem haver com “Uma Cilada para Roger Rabbit”, tudo aconteceu. Era inevitável. Ainda digo: “What´s a Hell!”.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Bignada Quasar Awards.

Por Akanadin.

Anúncios

Bignada Awards 2009: Vencedor de Melhor Animação e Melhor Filme do Ano

Bignada Award: Vencedor de Melhor Animação e Melhor Filme do Ano.

The Poskar - Bignada Quasar Awards
The Poskar - Bignada Quasar Awards

E agora, os vencedores de Melhor Animação e Melhor Filme do Ano.

Melhor Animação do Ano:

UP - Altas Aventuras
UP - Altas Aventuras

Decisão totalmente segura. Era óbvio que este iria ganhar o Bignada Awards de Melhor Animação e vai ganhar o oscar no Academy Awards ano que vem, fácil assim como Wall-E fez. Esse filme também está como vencedor do filme do ano aqui no Bignada Quasar, mas creio que o filme abaixo merece ser citado.

Melhor Filme do Ano:

Watchmen
Watchmen

Apesar da minha insatisfação para com este filme em relação a sua obra original e os irritantes slow-motions, sem esquecer é claro da trilha sonora inconstante, para não dizer inadequada, o filme ainda é superior aos demais concorrentes. Pensei em premiar Transformers – Revenge of Fallen e Avatar, mas ainda não assisti. Entretanto, o certo é ser imparcial, então premiei o filme, que apesar de ter me dado muita dor de cabeça durante esses tempos em infinitas discussões, que com certeza não vai ganhar oscar nenhum ano que vem. 🙂

Em breve, mais premiações.

Obs: Gostaram do Poskar? Fiz em 5  minutos. 🙂

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Poskar.

Por Akanadin.

X-Men – First Class Confirmado: Brian Singer is Back! FU! A mesma bagaça de sempre

X-Men – First Class Confirmado: Brian Singer is Back! FU! A mesma bagaça de sempre.

Briana Singer de olho nos X-Men de novo!
Briana Singer de olho nos X-Men de novo!

“Ok, vamos ser sinceros. O primeiro filme de X-Men é legal, mas não é foda. Pelo que representa, é grandioso, mas tem várias falhas.

Então X-Men 2 estreou, um ano depois de Homem-Aranha, filme esse que mostrou o potencial que adaptações de HQs tem. A tarefa era difícil, mas Bryan Singer colocou pra foder. Ainda não era um filme perfeito, mas mostrava uma patcha evolução (no pun intend) em relação ao primeiro.

Tudo levava a crer que X-Men 3, dirigido pelo Singer, seria épico. A pequena dica da participação da Fênix na história só me fazia acreditar que com o terceiro filme, os mutantes entrariam em histórias parecidas com as que eu acompanhava no saudoso desenho dos anos 90 (aquele com música tema SENSACIONAL!). Pirações com viagens no tempo, para outras dimensões e o escambau.

Todo mundo sabe que o diretor largou os mutantes pra fazer Superman – O Retorno, que TAMBÉM apesar de não ser um filme ruim, está longe de ser um filme foda. No máximo, é um filme com alguns bons momentos, entrelaçados com momentos excruciantes.

Se isso não fosse o pior, Brett Ratner assumiu a direção do terceiro filme dos pupílos do Prof Xavier, e cagou gloriosamente no pau. Sério, eu não sou muito fã do Ciclope, mas aquilo foi rídiculo!

Enfim, o tempo passa, e depois de o mundo ter falado pro Singer “Fez merda em não dirigir X-Men 3″, o diretor volta ao mundo que estava deixando foda.

Na premiere de Avatar, em uma entrevista ao vivo para o MySpace, ele falou sobre seus próximos projetos, principalmente seu próximo filme, Jack the Giant Killer. Aí ele manda a bucha:

Eu assinei ontem um contrato para fazer X-Men: First Class, o que é meio legal. Eu estou bem empolgado.

Como se fosse a coisa mais normal, ele confirma o que muitos gostariam o que acontecesse. A Marvel/Fox ainda não confirmaram a informação, mas se o cara falou, tá falado.

Agora digam o que vocês acham isso. Empolgados com a volta do Singer pra dirigir as primeiras aventuras dos X-Men, ou vocês realmente queriam que ele voltasse pra arrumar a zona feita em X-Men 3?”

Fonte:

http://judao.mtv.uol.com.br/cinema/bryan-singer-vai-dirigir-x-men-first-class/

X-Men Musical
X-Men Musical

Esse desgraçado abandona os X-Men para fazer a porcaria que foi o Superman Returns, deixando X-Men 3 para um diretor quebra galho (Vamos admitir. Briana Singela não faria diferença se retornasse) e agora volta para X-Men tentando se redimir. Grande babaca.

Não sei porque todo mundo acaha X-Men 2 fodz. Em muitos aspectos, é bem pior que X-Men 1. Só porque tem efeitos especiais melhores, pessoal fala que é fodz. A mesma coisa com Exterminador do Futuro 2. Perdendo a paciência com isso.

X-Men 2 é bem fraco, ou eu devia dizer, Wolverine – o filme ou Wolverine 2. Pow, a história do Wolverine é legal e tudo, mas focar o filme todo nela é uma bosta. Ciclope é totalmente bucha no filme. Tempestade totalmente poser. Jean é vagabunda. Noturna tem uma cena de ação fodz, mas não tem função nenhuma no filme, somente… Eh… Nada mesmo. Ele é controlado pelo Striker, zoado por todos e teletransporta a Tempestade. Só. Vampira não faz nada. Homem de Gelo traça ela. Pyro é até legal, mas não por ele, mas porque ficaria bom com qualquer um. Magneto e Xavier são fodz. Esses ficaram legais no cinema, mas isso é obrigação. Mística ficou muito bizarra e rasa. A história do filme se resume é: Stryker que eliminar todos os mutantes. Wolverine ficou escroto e poser.

As cenas de ação são horríveis. Wolverine, Wolverine, Wolverine. Os personagens não tem entrosamento nenhum, tanto é que agem um de cada. Trabalho em equipe não existe. Jean salva o avião, detem a onda e morre sozinha. Pyro, Homem de Gelo e Vampira são figurantes. Tempestade e os outros X-Men não fazem praticamente nada. A Mística abre para eles (UI!), eles acham as crianças facilmente, resgatam o Xavier e  saem. Wolverine fica brigando a… Wolverina (Deveria ser a Lady Letal).

Questão da Catapulta

Questão da Catapulta.

Questão da Catapulta
Questão da Catapulta

A Questão é a seguinte:

“Um aluno de engenharia recebe a seguinte missão missão de seu professor mentor. Em uma cidade existe um rio que a corta ao meio. Para uma pessoa poder atravessar o rio para chegar ao outro lado, ela precisa dar uma grande volta para evitar o rio, ou seja, é um desperdicio gigantesco. Parecia uma tarefa simples. O aluno aceitou.

Ao chegar ao grande rio, ele pensou, pensou, pensou na solução. Teve a idéia de uma ponte, mas seria caro e ineficiente. Para ser eficiente, necessitaria de mais três ou quatro pontes para que fosse prático para toda a cidade. Entretanto, construir uma ponte, ainda mais quatro, era muito caro e custoso.

Então, o aluno chegou a seguinte conclusão: Catapulta. Uma catapulta que arremessaria uma pessoa ao outro lado do rio. Muito mais rápido, barato e eficaz que um ponte. Construir quatro catapultas também seria mais barato e rápido.

Okay. Em um mês ele construiu a primeira catapulta. Chegada a hora de testar seu desempenho. Ele pegou dez sacos de areia e lançou um após o outro. Dos 10 sacos, 4 se resgaram ao chegar ao outro lado. Então ele levantou o polegar e disse: Okay. 60% de eficiência.

Consultou seu professor e ele disse: 60%? Somente será aceito 100% de eficência. Então o aluno modificou sua catapulta até o máximo de eficiência e segurança. Testou a catapulta e a eficiência aumentou para 70%. Ainda não era 100%. Então ele pensou paraquedas. Paraquedas vão aumentar para 100% a eficiência.

Então ele chamou 10 pessoas e as colocou na catapulta. Cada uma estava equipada com paraquedas. Lançamento. 80% de sucesso. 80%? Algumas pessoas não conseguiram abrir seus paraquedas.

Pensou, pensou, pensou… Colchões de amortecimento do outro lado. Agora sim. 50% de eficiência. Ah é! O Paraquedas. Lançou novamente… 80%. Devido ao peso diferente de cada pessoa, a mira da catapulta sofria variações e nem todos caiam no colchão macio. Solução redundante.

Ele modificou, mais e mais a catapulta até o máximo possível. 80% de sucesso sem apretechos. Usou o colchão e paraquedas e testou novamente. 100% de sucesso. YEAH! GREAT!

Chegada a hora de apresentar ao seu orientador, faltando três semanas para terminar o prazo. Chamou 10 pessoas e demonstrou na frente do mestre. O resultados foram estes:

100%

90%

80%

90%

80%

50%

50%

0%

0%

0%

A catapulta quebrou perto do final do teste. Durante o começo, começou a trincar, truncar e ranger, até que parafusos começaram  a sair e então ela se desfez por completo. A catapulta, feita de madeira, estava acima do máximo da tensão que suporta. O teste foi um fracasso. Depois de alguns meses, algumas pontes foram construídas por um aluno mais sensato”.

Então, o que quer dizer isso tudo? Creio que várias soluções rápidas e rasas não são capazes de resolver um problema simples, devido a falta de visão para longo prazo. O problema deve ser resolvido de forma completa e não parcial.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é uma catapulta.

Por Akanadin.

Edir Macedo: Atrás das Grades – Utopia ou Ilusão

Edir Macedo: Atrás das Grades – Utopia ou Ilusão.

Edir Macedo Atrás das Grades
Edir Macedo Atrás das Grades

A Justiça paulista desconsiderou uma reclamação da Igreja Universal do Reino de Deus contra o juiz Guilherme da Costa Manso Vasconcellos, da 2ª Vara Cível do Guarujá, que ao julgar ação contra ela, afirmou que a igreja se aproveitava de pessoas humildes para enriquecer.O caso ocorreu durante o julgamento de uma indenização por danos morais. O juiz condenou a IURD a pagar R$ 30 mil a um homem que afirmou ter sido espancado por funcionários da igreja, sob pretexto de retirar o demônio de seu corpo.

Na decisão, o juiz afirmou: “a ré, Igreja Universal do Reino de Deus, é um verdadeiro ‘império’ de grande poderio econômico, utilizando-se da fé das pessoas, principalmente das mais humildes, para crescer assustadoramente e enriquecer seus ‘colaboradores e pastores’, que passam a galgar pretensões políticas e cargos eletivos no legislativo”.

Inconformada, a Igreja Universal ingressou com recurso ao Tribunal de Justiça de São Paulo pedindo a reforma da decisão por ausência de provas e reclamando de “comentário depreciativo” do magistrado, que teria agido com parcialidade.

A 5ª Câmara de Direito Privado do tribunal deu provimento ao recurso da igreja, considerando que após a oitiva das testemunhas não ficou configurada a culpa do pastor, “tampouco ficou comprovado o nexo de causalidade”.

No entanto, os desembargadores entenderam que, por si só, a afirmação do juiz sobre a IURD não leva a crer que houve parcialidade no julgamento.

“A alegada parcialidade do juiz não está demonstrada, considerando, ainda, que o trecho atacado apenas teceu comentários sobre o que se vê na imprensa jornalística e que não é de total desconhecimento do público, sem maiores conseqüências para a fundamentação do julgado”, afirmou o desembargador Silvério Ribeiro.”

Fonte:

http://aldoadv.wordpress.com/2008/03/09/juiz-disse-que-igreja-universal-do-reino-de-deus-explora-pobres/

Aquela velha história: Todo mundo sabe, mas ninguém faz nada. Esse safado vai continuar a roubar os pobres.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Universal.

Por Akanadin.

Linux Owned for Me! Jogo “Quatro em uma linha detonado” na primeira jogada

Linux Owned for Me! Jogo “Quatro em uma linha detonado” na primeira jogada.

Jogo das Bolinhas - A Vitória é Minha!
Jogo das Bolinhas - A Vitória é Minha!

Vejam só. Quem sou, quem sou, quem sou eu? Sou laranja! Uhu!

Sabe aquelas cagadas que acontecem e tardam a se repetir ou nunca mais se repetem? Então, eu vencei esse jogo maldito pela segunda vez e dessa vez, de primeira. Claro que depois eu perdi que só a porrz para essa máquina maldita programada por um nerd maldito de um sistema operacional maldito, o maldito Linux e seus jogos malditos e desgraçados. Nem o cara que programou esta tortura virtual,  consegue vencer nesse jogo. Entretanto, não se desesperem, pois é possível vencer, mas não é muito bonito.

Espero conseguir vencer essa coisa pela terceira vez em até 2010. Eu estimo. 🙂

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é invencível.

Por Akanadin.

Ufam Sitiada: A Explosão do Caminhão – O Retorno

Ufam Sitiada: A Explosão do Caminhão – O Retorno.

Caminhão ao Colidir com a Cerejeira
Caminhão ao Colidir com a Cerejeira

14 de Dezembro de 2009. Ufam, Manuas, Amazonas.

Faz parte do senso comum que grandes acidentes acontecem em grandes cidades. O que aconteceu está manhã, entre as 9h-10h, foi uma grande demonstração da incompetência de um motorista, manguaçado ou não, que fechou a rua causando um grande congestionamento e bloqueado a passagem.

Capote do Caminhão
Capote do Caminhão

Testemunhas dizem que o bendito bateu em em uma cerejeira e capotou 5 metros de altura, caindo bem na horizontal, perdendo toda sua carga e fechando a rua.

Outras testemunhas disseram que ele até desviou, mas acabou capotando e ficando todo detonando, derrubando sua preciosa carga de 10.000 barras de aço.

Também há o relato de que a carga era muito pesada e então arrebentou a traseira do caminhão e ele bateu na calçada.

Outros dizem que ele tava doidão e se bateu todo, sacou mano.

Seja o que for, ninguém sai da Ufam, pelo menos enquanto os ônibus não conseguirem fazer seu retorno.

Polícia, ambulância, reboque, FBI, CIA, Setor 7, Power Rangers, Guerreiros Z, Cavaleiros de Atena, Dr. House, Batman e Robin, todos estão dispostos a ajudar.

Ao que parece não houve feridos e o motorista saiu ileso, mas ninguém sabe de nada mesmo, então vale resaltar.

Amanhã deve passar no jornal regional essa história.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Onibus-Bomba.

Por Akanadin.