DESTAQUES DO PORCO-ARANHA #2: Quadrinhos Mais Baixados de Fevereiro 2019

DESTAQUES DO PORCO-ARANHA! E aqui os quadrinhos mais baixados do mês de fevereiro no Banca do Porco-Aranha.

Destaques do Porco-Aranha #2 - Fevereiro 2019

Destaques do Porco-Aranha #2 – Fevereiro 2019

Saga do Infinito, Noite de Trevas – Metal, Imortal Hulk, Batman & Capitão América, The Walking Dead e outros quadrinhos. Continuar a ler

DESTAQUES DO PORCO-ARANHA #1: Quadrinhos Mais Baixados de Janeiro 2019

DESTAQUES DO PORCO-ARANHA! E aqui os quadrinhos mais baixados do mês de janeiro no Banca do Porco-Aranha.

Destaques do Porco-Aranha #1 - Janeiro 2019

Destaques do Porco-Aranha #1 – Janeiro 2019

Saga do Infinito, Noite de Trevas – Metal, Aranha Gedon, Spider-Gwen e outros quadrinhos! Continuar a ler

Conan Returns – Arnold Schwarzenegger será o Rei Bárbaro em The Legend of Conan

E o verdadeiro Conan irá voltará. Arnold Schwarzenegger voltará ao papel que lançou sua carreira de sucesso em The Legend of Conan.

Conan - Arnold Schwarzenegger

Conan – Arnold Schwarzenegger

Saiba mais sobre o filme abaixo:

Arnold Schwarzenegger vai retornar, aos 65 anos, ao papel que o consagrou. O ator vai protagonizar The Legend of Conan, para a Universal, estúdio que lançou a carreira do ex-fisiculturista em 1982, com Conan – O Bárbaro.

Chris Morgan, roteirista dos filmes da maior franquia da Universal hoje, Velozes e Furiosos, é o autor do argumento e deve escrever o roteiro completo, caso consiga terminar de roteirizar Velozes e Furiosos 7  a tempo. A ideia élançar The Legend of Conan na metade de 2014. Se Morgan não conseguir, então permanecerá no projeto apenas como produtor.

No filme, veremos o bárbaro como rei. “Ele sabe que logo estará a caminho de Valhalla [o paraíso da mitologia viking], então quer encerrar sua vida com uma boa batalha”, diz o produtor Fredrik Malmberg ao Deadline. A ideia é ignorar tanto o filme de 1984 quando o Conan – O Bárbaroestrelado por Jason Momoa. O link direto é com o filme de 1982, segundo Malmberg.

The Legend of Conan - Concept Art

The Legend of Conan – Concept Art

O que dizer sobre isso? Fuck you, Momoa! O verdadeiro Conan do cinema está de volta e este chuta a sua bunda. O que não é tão difícil. hehe

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é The Legend of Conan – Arnold Schwarzenegger.

Por Akanadin.

Crítica: Conan, o Bárbaro (2011)

Conan (2011)

Conan (2011)

Passado um ano após a estréia do reboot de nome Conan, o Bárbaro, eu finalmente assisti ao filme que foi um fracasso de bilheteria e crítica. O filme começa até muito bacana. Temos uma rápida introdução a história daquele mundo, em seguida vemos o nascimento de Conan, que nasceu em meio a guerra, logo após corta para ele já moleque e ele vai realizar um rito de passagem para se tornar homem e acaba enfrentando sozinho alguns inimigos e mata todos, após ele já é treinado pelo pai Corin (Ron Pelman), aliáis o eterno Hellboy manda muito bem e com imponência convence como líder daquela aldeia de cimérios. Ele apresenta a forja do aço, o lance do fogo e gelo, e em seguida a aldeia é atacada pelo vilão e seu exército. A aldeia do Conan é massacrada e seu pai é morto diante dele. Bem, esse começo do filme é bem bacana e o moleque que faz o Conan jovem é mais imponente que o Conan adulto (Jason Momoa), quem dirá atua melhor que ele também.

Estava indo tudo muito bem, mas estava óbvio para mim que o filme ia decair quando o Conan do cartaz aparecesse em cena e não deu outro. A atuação dele não convence. Ele não tem nem metade da imponência que o Conan do Arnold Schwarzenegger possui. Okay, é até meio injusto comparar, até porque os diretores/roteiristas tentaram seguir por outro caminho, apresentando um Conan mais articulado e humano. Tentaram, pois ele também não convence nisso. O novo Conan é até frágil, ele não convence que é um cara durão, apesar de que o vilão do filme também é meio bosta, então fica equilibrado. Não é implicância minha, o Momoa não convence. Ele é esforçado, mas não convece.

Conan The Barbarian (2011)

Conan The Barbarian (2011)

O filme tem suas qualidades. Elas são sangue e peitinhos. Já é alguma coisa. haha

Se a atuação do Conan não é um primor, imagine as dos demais personagens. Só se salva o personagem Corin (Ron Perlman), pois o vilão do filme de nome Khalar Zym (Stephen Lang) é muito genérico. O ator repete o vilão caricato que faz em Avatar (E que vai fazer pelo resto da carreira) e até piorado. Não tem profundidade. Ao seu lado, sua filha Marique (Rose McGowan) faz uma versão menos poderosa da bruxa e falecida mulher de Zym e igualmente caricata como o pai. Interessante que ela diz que está se tornando tão poderosa quanto sua mãe e que talvez não precisem da máscara e seu pai solta um fuck off nessa hora. (Spoiler Alert) Como esperado, ele consegue ativar a bendita máscara no fim do filme e não serve para p**** nenhuma. A bendita filha que supostamente é a toda poderosa é morta de maneira patética. Lamentável. (Spoiler Alert End).

Também tem a Rachel Nichols, que possui suma importância para a trama e em teoria faz par romântico com Conan. O que acontece, mesmo sendo muito corrido e nada desenvolvido. Eles estão no piloto automático, o romance não é trabalhado direito. Só vale por uma cena de sexo, onde temos um sideboob ali.

Conan, o Bárbaro (2011)

Conan, o Bárbaro (2011)

Eu esperava menos de Conan, por isso não me decepcionei tanto com o filme, mas ele é fraco mesmo. Até as cenas de ação cheias de sangue não são mais violentas do que um jogo de video-game. Não há uma cena de impacto no longa, mas é possível assisti-lo de boa. O filme é corrido e muitos coisas ficaram devendo, mas até que é uma boa produção de cinema B.

Nota 4,0 para Conan, o Bárbaro.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Conan.

Por Akanadin.

Cinema 2011 – Os 15 maiores fracassos de bilheteria de Hollywood em 2011

Green Lantern Facepalm and Shame

Green Lantern Facepalm and Shame

“O Hollywood Reporter preparou uma lista com os 15 maiores fracassos de bilheteria em 2011 – levando em conta o orçamento e o total arrecadado pelos filmes. Confira:

Marte Precisa de Mães – Orçamento: US$ 150 milhões; Arrecadação: US$ 39 milhões
Sucker Punch – Mundo Surreal – Orçamento: US$ 82 milhões; Arrecadação: US$ 89, 8 milhões
Arthur – O Milionário Irresistível – Orçamento: US$ 40 milhões; Arrecadação: US$ 45,7 milhões
Lanterna Verde – Orçamento: US$ 200 milhões; Arrecadação: US$ 219 milhões
Cowboys & Aliens – Orçamento: US$ 163 milhões; Arrecadação: US$ 178,8 milhões
Glee: The 3D Concert Movie – Orçamento: US$ 9 milhões; Arrecadação: US$ 18, 7 milhões
Conan – O Bárbaro – Orçamento: US$ 90 milhões; Arrecadação: US$ 48,8 milhões
Não Sei Como Ela Consegue – Orçamento: US$ 24 milhões; Arrecadação: US$ 30,5 milhões
A Coisa – Orçamento: US$ 38 milhões; Arrecadação: US$ 27, 4 milhões
The Big Year – Orçamento: US$ 41 milhões; Arrecadação: US$ 7,4 milhões
Diário de Um Jornalista Bêbado – Orçamento: US$ 45 milhões; Arrecadação: US$ 21,6 milhões
Anonymous – Orçamento: US$ 30 milhões; Arrecadação: US$ 14 milhões
Roubo nas Alturas – Orçamento: US$ 75 milhões; Arrecadação: US$ 126,3 milhões
Happy Feet 2 – Orçamento: US$ 135 milhões; Arrecadação: US$ 115 milhões
Noite de Ano Novo – Orçamento: US$ 56 milhões; Arrecadação: US$ 54,9 milhões

Como uma boa parcela dos custos é gasta em marketing e os estúdios dividem os lucros com as salas de cinema, superar o próprio orçamento em bilheteria não é o suficiente para considerar um filme lucrativo. O total arrecadado em bilheterias em 2011 caiu 4% em relação ao ano passado.”

Fonte:

http://omelete.uol.com.br/cinema/site-anuncia-os-maiores-fracassos-de-2011/

Que vergonha, hein? Latrina Verde, Corno – O Bárbaro, Vaqueiros e Aliens, Fucker Punch, Sad Feets, etc… Todos tomaram no toba na bilheteria. A maioria mereceu… E muito. Outros filmes que foram bem de bilheteria esse ano, que não vou citar nomes, também mereciam se ferrarem, mas fazer o quê né?

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é os maiores fracassos de bilheteria de 2011.

Por Akanadin e Porco-Aranha.

Bignada Awards 2011 – Indicados a Melhor Adaptação de Quadrinhos

The Poskar - 2011

The Poskar - 2011

Abaixo, a lista dos indicados a melhor adaptação de quadrinhos:

-Capitão América – O Primeiro Vingador

-Thor

-X-Men Primeira Classe

Mundo Bignada, onde nada é cósmico e nada é Bignada Awards – Melhor Adaptação de Quadrinhos.

Por Akanadin e Porco-Aranha.

Bignada Awards 2011 – Indicados a Pior Filme do Ano

The Poskar - Pior Filme do Ano

The Poskar - Pior Filme do Ano

Confira abaixo a lista dos piores filmes do ano:

-11.11.11

-Bruna Surfistinha

-Conan – O Bárbaro

-Deu a Louca na Chapeuzinho 2

-Eu sou o Número 4

-Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

-Invasão do Mundo – Batalha de Los Angeles

-Lanterna Verde

-O Palhaço

-Se Beber Não Case 2

-Sucker Punch – Mundo Surreal

-Vips

Votem aew na maior merda do cinema de 2011.

Mundo Bignada. onde nada é cósmico e nada é indicado a pior filme do ano.

Por Akanadin e Porco-Aranha.

Conan – O Bárbaro (2011): Trailer 1 e 2

Conan - The Barbarian - 2011

Conan - The Barbarian - 2011

Abaixo, os dois trailer do novo filme do novo filme dom Conan – O Bárbaro.

Conan – O Bárbaro Trailer Oficial 1:

Conan – O Bárbaro Trailer Oficial 2:

Eeeeeeeeeeeeeeehhh… Nheh! Mais ou menos. Pode ser uma excelente aquisição para o Supercine aos sábados ou menos para a Tela Quente as segundas, quem sabe? Na melhor das hipósteses… Um excelente acréscimo para o canal a cabo HBO. XD

Bom, espero que seja um bom. Piadas a parte, até que o trailer tah bem legal.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Conan – The Barbarian Trailers.

Por Orc Descerebrado.

Conan – O Bárbaro: New Teaser Trailer

Rapaz, eu já não curto muito o Conan, não lembro direito de nada dos filmes antigos e nunca li nenhuma HQ dele com exceção da clássica: Conan Vs. Wolverine. Esse Teaser Trailer não me animou, poderiam ter mostrado alguma coisa além de cenas por trás da fumaça.

Quando lançarem o filme baseado no What if do Conan Conan Vs. Wolverine, quem sabe eu não me anime:

What if Wolverine Vs. Conan

What if Wolverine Vs. Conan

Aí sim! Eu pagaria pra ver isso! XD

Cara, falando sério agora, se esse remake do Conan – O Bárbaro for do nível do filme 300, verei com certeza no cinema.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Conan Rei.

Por Akanadin.