Dungeons & Dragons – Warner compra direitos para um filme no cinema

E Dungeons and Dragons ganhará uma nova chance no cinema.

Dungeons and Dragons - Warner

Dungeons and Dragons – Warner

Saiba mais detalhes abaixo:

Dungeons & Dragons, um dos RPGs mais populares domundo, que ganhou em 2001 um filme esquecível, vai voltar aos cinemas.

Segundo o Deadline, a Warner Bros. está adquirindo os direitos de adaptação ao cinema e trabalhará em cima de um roteiro já existente, de autoria de David Leslie Johnson (A Garota da Capa Vermelha).

Comprado pelo estúdio em 2012, o roteiro de Johnson, intitulado Chainmail, usava como base o jogo homônimo, precursor dos RPGs, que Ernest Gary Gygaxdesenvolveu com Jeff Perren em 1971. O game de miniaturas medievais veio antes de Gary Gygax se juntar aDavid Arneson para criar o mais famoso dos role playing games, D&D, em 1974. (Contamos a história de Chainmail e D&D no nosso artigo sobre RPGs.)

A ideia da Warner é pegar esse roteiro com base em Chainmail e expandir o mundo para introduzir no script toda a mitologia de Dungeons & Dragons. Ainda de acordo com o blog, dado o interesse por histórias de fantasia como O Hobbit e Game of Thrones, o estúdio está tratando o projeto como prioridade e começa agora a procurar diretores interessados.

Na produção estão Courtney Solomon e Roy Lee. Solomon é o diretor do filme de 2001, que tinha Jeremy Irons encabeçando o elenco.

E surge a nova esperança de um filme decente de Dungeons and Dragons. Não aqueles lixos que foram lançados antes.

Dungeons and Dragons – The Movie – Trailer:

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Dungeons and Dragons 2 – Trailer:

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Dungeons and Dragons 3 – Trailer:

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Já chega, por que nossos leitores não merecem ver essas abominações. hahaha

E que a Warner faça um filme decente baseado no universo de Dungeons and Dragons.

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é D&D The Movie.

Por Akanadin.

Nadacast #35 – Espadas e Dragões nos Games

E o podcast de hoje é sobre jogos de fantasia com espadas e dragões.

Nadacast #35 - Espadas e Dragões nos Games

Nadacast #35 – Espadas e Dragões nos Games

Fala galera nerd. Este é o segundo Nadacast sobre games do Mundo Bignada, o primeiro foi sobre a morte do fliperama. Acredito vamos falar mais sobre games a seguir. No podcast de hoje, o assunto são jogos de fantasia com cavaleiros, bárbaros, monstros, magos, dragões, etc… Caso queiram saber, sendo que ninguém perguntou, eu (Akanadin) e o retornado Quasar Boy gravamos esse podcast, por que eu joguei The King of Dragons o fim de semana inteiro (haha). Então, enjoy.

Para ir para a página do podcast, clique no link abaixo:

http://bignadaforever.blogspot.com.br/2012/06/nadacast-35-espadas-e-dragoes-nos-games.html

E aew, curtiram o podcast? O especialista em Warcraft do Bignada não vai gostar da gente ter só citado o jogo e passado a diante. hahaha

Para ouvir e/ou baixar o Nadacast anterior sobre Prometheus, clique no link abaixo:

http://bignadaforever.blogspot.com.br/2012/06/nadacast-34-prometheus.html

Até o próximo podcast.

Mundo Bignada, onde nada é para sempre e nada é Nadacast #35 – Espadas e Dragões nos Games.

Por Akanadin e Quasar Boy.

Na Teia do Porco-Aranha: Nerds que rolam RPG…

Na Teia do Porco-Aranha - Especial Dia dos Nerds

Na Teia do Porco-Aranha - Especial Dia dos Nerds

Porco-Aranha! Porco-Aranha! Porco-Aranha! Aí vem o Porco-Aranha! Ele é o Porco-Aranha!

Agora quem está Na Teia do Porco-Aranha são os nerds que rolam RPG de mesa.

Nerds que rolam dados de RPG

Nerds que rolam dados de RPG

Agora nós temos mais uma nova e inovada forma de criar e se divertir em um jogo. Em um video-game, você encarna o personagem ou personagens que o programador oferece a você e enfrenta os desafios e inimigos que ele coloca em seu caminho durante o jogo. No RPG de mesa não. A história, cenários, acontecimentos, personagens, TUDO é controlado manualmente. O mestre cria a história, enredo, roteiro, inimigos, vilões, cenários, mundos, reviravoltas e os jogadores enfrentam e superam tudo que o mestre “joga” neles. XD

A missão do mestre não é eliminar e frustrar os jogadores, é diverti-los, assim como os jogadores devem se divertir e divertir o mestre, enquanto o mesmo também se diverte. O RPG de mesa não tem muitas vantagens que o video-game possui como imagem, vídeo e som, porque tudo é feito na base da imaginação, valores anotados e rolagens de dado, o que também é a sua maior vantagem. O RPG de mesa é a forma mais viva e dinâmica de se contar uma história, porque tudo que vai acontecer não está previsto. O mestre pode criar uma história e induzir os jogadores a seguir pelo rumo que ele planejou, mas praticamente nunca isso acontece, pois os jogadores são imprevisíveis e tem a liberdade de fazer o que quiser. O mestre sempre pode antecipar as coisas que os jogadores vão fazer, mas ele não sabe o resultado das batalhas e aventuras, mesmo se ele “roubar” para que acontece aquilo que ele quiser.

É basicamente isso. Enough.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada são Nerds que rolam RPG.

Por Porco-Aranha.

TOP 100 – Maiores Vilões by Wizards

Top 100 - Maiores Vilões Wizards (Dark Side Power)

Top 100 – Maiores Vilões Wizards (Dark Side Power)

Continuar a ler