TELECINE: Dragon Ball Super: Broly, Boku no Hero Academia: 2 Herói e outros filmes de anime anunciados para o canal

TELECINE! “O patrão ficou louco!”. Parece que abriu a porteira dos animes ou o dono do Telecine virou otaku, porque de uma vez só foram anunciados uma porrada de filmes de anime para o Telecine neste final de ano.

Telecine anuncia diversos filme de anime para o fim do ano

Dragon Ball Super: Broly, My Hero Academia: 2 Heróis, Akira, Ghost in the Shell, Bayonetta, Alita, Hunter  X Hunter e outros! Continuar a ler

Nadacast #30 – Animes em Live Action

E no podcast de hoje: Animes em Live Action. Afinal, o que falta para se levar as histórias de anime/mangá para o cinema.

Nadacast #30 - Animes em Live Action

Nadacast #30 – Animes em Live Action

Fala galera nerd. No Nadacast de hoje, um tempo muito especial falando sobre um assunto muito polêmico (MAMILOS!) que é adaptar animes/mangá para o cinema em Live Action. O que falta para adaptar um anime para o cinema? Em que as tentativas do passado falharam? (Rs.: Em muitas coisas, eu sei. haha). Enfim, no podcast eu (Akanadin) falo aew desse tema bem bacana.

Para ir para página do podcast, clique no link abaixo:

http://bignadaforever.blogspot.com.br/2012/06/nadacast-30-animes-em-live-action.html

E no podcast de hoje: Animes em Live Action. Afinal, o que falta para se levar as histórias de anime/mangá para o cinema.

E aew, curtiram o podcast? Acham que os animes/mangás um dia vingarão no cinema ou sempre vai sair merda quando se tentar adaptar? Ao menos temos uns fan movies bacanas. XD

Para ouvir online e/ou baixar o Nadacast anterior, vá para a página abaixo:

http://bignadaforever.blogspot.com.br/2012/06/nadacast-29-homens-de-preto-3.html

Mundo Bignada, onde nada é para sempre e nada é Nadacast #30 – Animes em Live Action.

Por Akanadin.

Bopenote – O que L não conseguiu no mangá Death Note, Bope resolve em 4 quadrinhos. Bope Vs. Kira

Bopenote - Bope Vs. Kira - L não conseguiu resolver o caso Kira no mangá Death Note inteiro. O Bope conseguiu em 4 quadrinhos.

Bopenote - Bope Vs. Kira - L não conseguiu resolver o caso Kira no mangá Death Note inteiro. O Bope conseguiu em 4 quadrinhos.

Isso mostra o quão “complexa” e “difícil” era o caso Kira e o quão “interessante” era.

Porcaria inútil de aborrecente poser. O pior anime de todos.

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Bopenote.

Por Akanadin.

Na Teia do Porco-Aranha: Blefe Note – Destruindo Death Note com a Teia Infernal

Na Teia do Porco-Aranha Negro

Na Teia do Porco-Aranha Negro

Porco-Aranha! Porco-Aranha! Vem aí o Porco-Aranha! Porco-Aranha! Porco-Aranha! Nunca bate e só apanha! Cuidado! Ele é o Porco-Aranha!

Quem está Na Teia do Porco-Aranha agora é o anime/mangá conhecido por todos como Caderno da Morte Death Note.  O anime/mangá mais hypado, poser e pseudo-intelectual da década.

Death Note is for KIDS - The Power Poff Girls Note - Caderno da Morte das Menininhas

Death Note is for KIDS - The Power Poff Girls Note - Caderno da Morte das Menininhas

Curto e Grosso… Death Note é o anime mais POSER que eu já vi. Eu fico pensando: Como alguém considera esse merda anime comum como o melhor de todos? Tem uma história rasa, personagens rasos, enredo raso, final raso, etc… Vou admitir: Death Note tem uma proposta ótima, mas o autor não soube desenvolver para pessoas com mais de 15 anos. Sim, eu pesquisei muito na internet, entrevistei fãs de Death Note e 83% de todos são aborrecentes adolescentes e gurizinhos. O que se ouve é: “Death Note é  anime mais inteligente que já vi”, “Death Note não precisa de luta ou poderzinho para ser bom”, “Death Note não tem enrolação”, “Death Note não tem clichê”. Isso só me faz ri. Essas crianças de hoje em dia. Se impressionando com um simples Shonen, imaginem quando forem ver algum Seinen. Quando forem ver Gantz vão dizer: “Credo, esse anime só temviolência. Nunca será tão culto quanto Death Note”. Hahahahahahaha! 🙂

Death Note Simpsons - Homer Simpson é mais inteligente que L e Light juntos

Death Note Simpsons - Homer Simpson é mais inteligente que L e Light juntos

Death Note consiste em uma trama policial, o que é mais “exótico” em animes, 0 que não impede Cowboy Bebop ser melhor que Death Note. Death Note tem uma das histórias mais mastigadas para o leitor entender que eu já vi na minha simplória vida. Qualquer fanboy ou passante entende a história de Death Note. Absolutamente qualquer um. Depois que um aborrecente adolescente assisti Death Note, ele sai e fala para os amigos: “Esse anime é muito inteligente. Precisa ser o cara para entender essa história”. Qualquer um entende a história de Death Note. Esse anime não deixa dúvidas, intriga, pulga atrás da orelha, enfim, não é complexo. Só posa de complexo, mas é simples. Titanic é o filme com maior bilheteria e oscars da história e tem uma história e trama rasos. “A Dama e o Vagabundo” somado com documentário. Death Note não é diferente, só que Death Note não tem tanto prestígio, que não seja de Otakus e Posers. Claro que pessoas normais e inteligentes podem gostar, mas devem reconhecer e não coloca-lo no pedestal.

Diferente da maioria, eu gostei quando L virou presunto L morreu, mas o que sucedeu foi triste e boring. Eu somente gostei dos 3 primeiros episódios. L e Light não são gênios. Qualquer pessoa normal conseguiria escrever Death Note. As tramas e sacadas são óbvias. O autor não faz nada surpreendente, somente calcula todas as possibilidades e escolhe a melhor e o pior é que ele nos mostra na cara de pau.  Light é totalmente dependente do seu Caderno da Morte Death Note. Não fez nada sem ele. L é cuidadoso. Só isso. Aliás, o truque mais velho e sujo para fazer um personagem ser inteligente é fazer todos os outros ficarem estúpidos, como as lutas do Shikamaru com Hidan em Naruto. Ao lado de tantos acéfalos, até eu era inteligente como Light.

Light, ou Raito como os fanboys paga-pau de fansub tradutor de quintal otakus preferem, jogando bola seria assim:

“O objetivo desse jogo é fazer mais gols que o adversário. Eu poderia fazê-lo, mas porque se eu posso deixar que outro o faça. Mas então a glória não seria minha. Eu vou usar esses idiotas que estão no meu time. Vou passar a bola ao máximo que puder para que eu evite me machucar, mas quando estivermos a exatamente 10 metros ou menos do gol, eu vou pedir a bola e marcar o gol. O goleiro adversário parece um inepto acéfalo. Ele não consegue dobrar os joelhos, então eu vou chutar baixo para que esse idiota não consiga pegar a bola e se os zagueiros tentaram me impedir, eu vou simular uma falta que será tão bem feita que os juízes e os bandeirinhas vão acreditar que é real. Com essa estratégia, eu posso manter o placar sempre dois pontos na frente pelos meus cálculos. A vitória está garantida. Eu vou ser o rei do novo mundo! Huahuahauahuahauahuahhuahauahauhauahauahuahauahauhauahuahuahua!”. Eu poderia fazer a versão do L, mas é não sabe andar. 🙂

A única coisa que vale a pena é a Soundtrack de Death Note.

Sinceramente, eu pensava, antes de assistir Death Note, que este era um anime/mangá mais gore, mais dark, mais complexo. Ledo engano, mas a intenção do autor foi boa. 🙂

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Caderno da Morte.

Por Akanadin.