TOP 50 – Os Personagens de Games Mais Lembrados de Todos os Tempos no Guiness Book

Guinness Book of World Records - Top 50 Personagens de Game

Guinness Book of World Records - Top 50 Personagens de Game

O Guiness Book fez uma pesquisa com os personagens de games mais lembrados de todos os tempos. Com 13 mil participantes, confira abaixo os personagens mais lembrados pelos fãs:

Super Mario

Super Mario

1. Mario (Donkey Kong, Nintendo, 1981)
2. Link (The Legend of Zelda, Nintendo, 1986)
3. Master Chief (Halo: Combat Evolved, Microsoft, 2001)
4. Solid Snake (Metal Gear, Konami, 1987)
5. Cloud Strife (Final Fantasy VII, Square, 1997)
6. PAC-Man (PAC-Man, Namco, 1980)
7. Lara Croft (Tomb Raider, Eidos 1996)
8. Gordon Freeman (Half-Life, Valve, 1998)
9. Kratos (God of War, Sony, 2005)
10. Sonic (Sonic the Hedgehog, Sega, 1990)
11. Crash (Crash Bandicoot, Sony, 1996)
12. “Soap” MacTavish (Call of Duty 4: Modern Warfare, Activision, 2007)
13. Nico Bellic (Grand Theft Auto IV, Rockstar, 2008)
14. Samus Aran (Metroid, Nintendo 1986)
15. Ratchet (Ratchet & Clank, Sony, 2002)
16. Nathan Drake (Uncharted: Drake’s Fortune, Sony, 2007)
17. Captain Price (Call of Duty 4: Modern Warfare, Activision, 2007)
18. Kirby (Kirby’s Dream Land, Nintendo, 1992)
19. Marcus Fenix (Gears of War, Microsoft, 2006)
20. Pikachu (Pokemon Red/Green, Nintendo 1996)
21. Yoshi (Super Mario World, Nintendo, 1990)
22. “CJ” Johnson (Grand Theft Auto: San Andreas, Rockstar, 2004)
23. Mega Man (Mega Man, Capcom, 1987)
24. Sam Fisher (Tom Clancy’s Splinter Cell, Ubisoft, 2002)
25. Shadow (Sonic Adventure 2, Sega, 2001)
26. Jak (Jak and Daxter: The Precursor Legacy, Sony, 2001)
27. Duke Nukem (Duke Nukem, Apogee, 1991)
28. Dante (Devil May Cry, Bandai, 2003)
29. Naruto (Naruto: Konoha Ninpoch, Bandai, 2003)
30. Altair (Assassin’s Creed, Ubisoft, 2007)
31. Zelda (The Legend of Zelda, Nintendo, 1986)
32. Sephiroth (Final Fantasy VII, Square, 1997)
33. Donkey Kong (Donkey Kong, Nintendo, 1981)
34. The Prince (Prince of Persia, Broderbund, 1989)
35. Ezio (Assassin’s Creed II, Ubisoft, 2009)
36. Leon S (Biohazard/ Resident Evil, Capcom, 1996)
37. Ash Ketchum (Pokemon Red/Green, Nintendo, 1996)
38. Guybrush Threepwood (The Secret of Monkey Island, LucasArts, 1990)
39. Spyro (Spyro the Dragon, Universal, 1998)
40. “Ghost” Riley (Call of Duty: Modern Warfare II, Activision, 2009)
41. Goku (Dragon Daihikyoe, Epoch, 1987)
42. Max Payne (Max Payne, Rockstar, 2001)
43. Jill Valentine (Biohazard/ Resident Evil, Capcom, 1996)
44. Princess Peach (Super Mario Bros., Nintendo, 1985)
45. Larry Laffer (Leisure Suit Larry in the Land of the Lounge Lizards, Sierra, 1987)
46. Augustus Cole (Gears of War, Microsoft, 2006)
47. Bowser (Super Mario Bros., Nintendo, 1985)
48. Eddie Riggs (Brutal Legend, EA, 2009)
49. Ryu (Street Fighter, Capcom, 1987)
50. Sackboy (LIttleBigPlanet, Sony, 2008)

Link - The Legend of Zelda

Link - The Legend of Zelda

Fonte:

http://www.animepro.com.br/noticias.php?IdNoticia=50&Data=022011

Mario e Link ocupando as primeiras posições. Nada mais a comentar. O resto é resto. 🙂

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é TOP 50 Heróis dos Games Livro dos Records.

Por Akanadin.

Na Teia do Porco-Aranha & A Evolução dos Games – Top 100: Cem motivos de porque o Nintendo 64 é o melhor video-game!

Nintendo 64

Nintendo 64

Uma parceria nunca antes vista aqui no Bignada Quasar. Akanadin, eu, e o Porco-Aranha, meu amigo, estamos agora realizando este Tag Post unindo nossas duas mentes em um único post. Vamos fazer uma lista de 100 motivos do porquê o Nintendo é o melhor video-game já criado, perdendo somente para o Super Nintendo, mas perder para o Snes é inevitável para qualquer console lançado, então o N64 é o melhor. XD

Porco-Aranha

Porco-Aranha

Porco-Aranha! Eu escolho você!

Não vai dar muito trabalho escrever os 100 motivos do porquê o Nintendo 64 é o melhor video-game.

N64

N64

Bom, vamos começar!

………………………………………………………………………………………………….

Legend of Zelda – Ocarina of Time:

Era lógico que eu iria coloca-lo em primeiro lugar. O melhor jogo de todos os tempos faz com que seu console seja o melhor de todos os tempos. Essa lógica é simples. Lenda de Zelda é perfeito.

Super Mario 64:

Este jogo empata com Zelda. Dispensa apresentações. Um dos melhores ou mesmo o melhor Mario 3D e logicamente um dos melhores de todos os tempos.

Star Fox 64:

Se você acha o Star Fox do Super Nintendo tosco, o que é normal, vai bater palmas para esse game que é um dos melhores jogos de Nintendo 64 e minha referência para jogos de nave. Esse jogo também é perfeito.

F-Zero X:

O melhor jogo de corrida de todos os tempos. Velocidade? Isso é pouco para descrever esse game. Need for Speed, como o próprio nome diz:”Precisa-se Velocidade”, fica como uma corrida de tartarugas perante F-Zero X e não estou brincando. 🙂

Super Smash Bros:

Um dos melhores jogos de luta 3D nasceu no Nintendo 64 e virou tradição na Nintendo. Dos jogos de luta 3D, esse é o melhor perdendo somente para o Tekken 5 onde eles aprenderam a fazer um bom jogo de luta. Os jogos de luta 3D em geral são lentos demais, mas Super Smash Bros. é rápido, divertido e versátil, com dezenas de itens e fases, sem falar que o jogo pega todos os personagens clássicos da Nintendo como Mario, Luigi, Link, Samus, Kirby, Pikachu, etc…

Super Mario Kart 64:

Esse também é clássico. Dispensa apresentações e os gráficos melhoraram demais comparados ao do Super Nintendo.

7° GoldenEye007:

Meu nome é Bond. James Bond. O melhor jogo de 007 e tiro em primeira pessoa já feito.

Perfect Dark:

Praticamente uma continuação indireta do jogo acima. Inovador ao extremo para época e superior ao Bond em muitos aspectos. Spo estpa abaixo, porque o Goldneye surpreendeu primeiro. 🙂

Legend of Zelda – Majora´s Mask:

Não zerei este jogo e pouco joguei, mas ele segue a linha do Ocarina of Time, só não é melhor, apesar dos gráficos melhorados.

10° Banjo-Tooie:

Não sou muito vidrado neste jogo, mas é porque eu não consegui zerá-lo. XD

Esse jogo tem fãs demais e tem uma qualidade boa. Foi muito inovador na época e é praticamente o pai do Donkey Kong 64. Bons motivos.

11° Banjo-Kazooie:

A sequência do jogo acima. Motivos óbvios.

12° Donkey Kong 64:

Este eu já acho inferior ao do Super Nintendo, mas superar o do Snes era uma tarefa praticamente impossível. Segue os gráficos e jogabilidade iguais ao dos jogos Banjo.

13° Conker’s Bad Fur Day:

Se você acha que os jogos da Nintendo são infantis, este game vai cortar a sua cabeça e joga-la para seu cachorro comer. Humor negro incrível e também segue a linha dos jogos Banjo, com a mudança da violência excessiva hilária e fodônica. Ironicamente está colocado no número 13. XD

14° Yoshi’s Story:

Jogo excelente também. Yoshi é o protagonista e não faz feio. Não podia deixar de fora.

15° Kirby 64:

Segue a linha do Yoshi´s Story, pelo menos eu achei. Muito bom também e muito empolgante e divertido.

16° Turok – Dinosaur Hunter:

Eu tinha pesadelos com esse jogo. Difícil que dá raiva. Hoje em dia o gráfico do jogo é facilmente superado, mas não minhas lembranças desagradáveis Falo sério. Esse jogo é tenso!

17° Star Wars – Shadows of the Empire:

Um dos primeiros jogos lançados em Nintendo 64. Tem uma trilha sonora demais e a dificuldade do jogo é monstra, até hoje não zerei no Hard e olha que depois ainda tem o nível Jedi. Para época, os gráficos eram supremos e até hoje acho bons. Não é o melhor jogo da franquia Star Wars, mas na época era o melhor.

18° Star Wars – Rogue Squadron:

Acho superior ao jogo acima, mas veio depois e nunca tive esse cartucho. Sonho de consumo da época.

19° Diddy Kong Racing:

Melhor que o Super Mario Kart 64, mas nunca zerei e veio depois. Esse jogo, cara, arrepia até hoje. Odeio aquele porco maldito, mas um dia vou zerar.

20° Wave Racer:

Jogo de Jet Ski. Tem gráficos divinos. Demoraram muito para superar os efeitos aquáticos desse jogo e ele até hoje tenho em mente que é fodz.

21°Mario Party:

Olha, esses jogos de Mario Party me surpreenderam. Achava o conceito bem besta, mas na prática o jogo esmaga. Excelente e muito divertido.

22° Mario Party 2:

Idem acima.

23° Mario Party3:

Idem acima[2].

24° Harvest Moon 64:

Nunca joguei esse jogo, mas ele é muito famoso. Qualquer coisa, está bem colocado no TOP.

25° Pokemon Stadium:

Dispensa apresentações. Primeiro jogo em 3D dos monstrinhos de bolso. Pessoalmente, não pago pau, mas respeito.

26° Pokemon Stadium 2:

Praticamente igual o de cima. Dois jogos muito famosos.

27° Killer Instinct Gold:

Jogo monstruoso! Muito superior ao do Super Nintendo em tudo. Praticamente o melhor jogo de luta do N64.

28° Lylat Wars:

Acredito, este é o Star Fox 64. Não sei porque são colocados como jogos diferentes, mas tudo bem. 🙂

29° Neon Genesis Evangelion:

Jogo de gráficos épicos, talvez o com melhor gráfico de todos da época, mas a jogabilidade deixa a desejar, mas é bem condizente com a série original, então beleza. A história segue igual o anime. Fodz!

30° Cruis’n USA:

Jogo de corrida de carro clássico. Até em fliperama tinha o simulador. 🙂

31° Cruis’n World:

Idem acima, só que pelo mundo.

32° Cruis’n Exotica:

Idem acima, só que com humor. 🙂

33° Castlevania:

Jogo tenebroso igual o Turok, só que fui conhecer muito demais. Também não zerei de terror, mas o jogo é difícil mesmo, igual o Turok.

34° Turok 2 – Seeds of Evil:

Joguei pouco o acima, mas a série Turok é clássica.

35° Turok 3 – Shadow of Oblivion:

Idem acima.

36° International Superstar Soccer 64:

Clássico do futebol. Alejo é o cara!

37° Doom 64:

Jogo sombrio. O pioneiro nisso, mas os gráficos foram as pressas realmente, apesar de eficientes.

38° Quake II:

Irmão do jogo acima. Fodz!

39° Quake 64:

Idem acima!

40° Road Rash 64:

Esse me surpreende. Gráficos por jogabilidade. Muita jogabilidade e diversão.

41°  Dark Rift:

Clássico jogo de luta em 3D. Não tem sequência, eu acho, mas era monstro na época.

42° WWF Attitude:

Só perde para a série Smackdown Vs. Raw. O melhor jogo de luta-livre dos anos 90. Muito melhor aos escrotos do Super Nintendo.

43° ECW Hardcore Revolution:

Demais. O segundo melhor game de Wrestling do N64.

44° WCW vs. NWO – World Tour:

O primeiro de luta livre que joguei e em gráficos e alguns aspectos é o melhor.

45° Extreme-G:

O primo sem grana do F-Zero X. 🙂

46° Extreme-G XG2:

O irmão também pobre do Extreme G.

47° Wipeout 64:

O primo pobre do Extreme G. 🙂 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

48° Hexen:

Esse jogo é bem legal, pelo que me lembro.

49° Resident Evil 2:

Não curto Resident Evil, mas tenho que respeitar. 🙂

50° Mortal Kombat – Trilogy:

Inferior ao do PS1, admito, mas é excelente.

51° Mortal Kombat 4:

Excelente jogo. Também deve ser inferior ao do PS1, mas okay.

52° Mega Man 64:

De longe o melhor Megaman, mas até que é legal. Não zerei este também.

53° Mortal Kombat Mythologies – Sub-Zero:

Esse é odiado e entendo a razão. Apesar disso, gosto do jogo. A partir daqui, os jogos vão ficando mais ruinzinhos, diga-se de passagem, então será meio aleartório até chegar a parte técnica do N64.

53° Mission Impossible:

Acho que esse é ruim, mas nunca joguei. Meio aleartório. Pelo gráfico parece.

54° Hercules – The Legendary Journeys:

Esse jogo é crássico! XD

55° Spider-man:

Idêntico ao do PS1, mas sem os vídeos. Pode-se ver que os jogos ruins do Nintendo 64 são aqueles que também tem no PS1.

56° Xena Warrior Princess – The Talisman of Fate:

Mais crássico que o Hércules. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

57° Rampage World Tour:

Esse é engraçado pacas! Gráfico aquele bem humilde, mas é fodz a história e o enredo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

58° Rampage 2 – Universal Tour:

Idem acima.

59° Paperboy:

Paperboy é onda. Clássico esquecido. 🙂

60° Paper Mario:

Esse Mario é onda também! 🙂

61° Pokemon Snap:

Esse eu acho besta, mas é bem popular.

62° Pilotwings 64:

Não quero falar desse jogo. Morria muito. É legal. 🙂

63° Flying Dragon:

Esse é o Tekken que não foi pra frente. Legal até!

Nintendo - Medalhões

Nintendo - Medalhões

64° Nintendo 64 O Console:

Aqui eu fale do video-agem como um todo. Muito superior ao PS1 na maioria dos aspectos que serão detalhados depois. O Nintendo 64 por si só já é fodz, até em seu design. Foi o último video-game de verdade. Aqueles que vieram a seguir são escafrandos computadocionais.

65° O Controle:

Anatomicamente perfeito, o joystick se ajusta perfeitamente a mão, possui uma boa coletânea de botões e entrada para alguns dispositivos.

66° Analógico:

O N64 inventou o conceito de analógico com sua alavanca no centro do joystick. Isso é fato!

67° Memória interna:

O N64 não precisa de Memory Card (Alguns jogos precisam de Memory Pak, mas são poucos). Os cartuchos não precisam de um dispositivo externo para salvar o jogo.

68° Cartucho:

A tecnologia de cartucho perde para o CD em espaço de armazenamento, mas nem precisa. Os jogos de PS1 e também os mais sofisticados gastam muito espaço com vídeos. Há jogos em que mais se assiste do que jogo. Tem alguns que é Okay, mas outros é insuportável.

69° Durabilidade:

O próprio console é bem resistente. Os cartuchos tem um vida muito longa. Tenho jogos desde 1996 comigo.

70° Pirataria:

Os cartuchos dificilmente são falsos, mas quem tem PS2 tem um caravana de corsários em casa, isso é fato. A maioria dos jogadores de PS são grandes capitães piratas. 🙂

71° Expansion Pak:

Um pouco caça níquel eu admito em parte, mas esse dispositivo melhora os gráficos e permite o uso dos jogos mais modernos. Não é uma vantagem tão boa aparentemente, mas é essencial e útil.

72° Rumble Pak:

O N64 inventou o conceito de controle vibratório, o que torna o jogo muito mais real e fodz. Nunca joguei com outro controle que causasse o mesmo efeito. Jogando Star Fox 64 então? 🙂

73° Dane-se o Now Loading! _i_:

Tenho pesadelos com essa frase que aparece nos jogos da Sony:”NOW LOADING”. Sua vida vai embora enquanto você espera a m**** carregar.

74° Botão Z:

O botão Z fica numa posição que fica igual um gatilho. Isso é fodz!

75° Resistência:

Meu N64 já caiu no chão várias vezes e nunca quebrou. Esse é o Nintendo Power! Suck it!

76° Sem bugs:

É muito difícil encontrar jogos com bug. O único que vem a cabeça é o WWF Atitude, mas são bugs de imagem, não de gameplay e isso é um alívio.

77° 3D:

O N64 foi o pioneiro no 3D. Fato.

78° Resfriamento:

O N64 não explode na sua cara como o PS3. Ele pode ser usado durante longas horas. Nunca tive problema com aquecimento.

79° 64 bits:

O único console com 64 bits de imagem, bitchs! O único e isso torna ele único. Lógica simples. Chupe 32 bits!

80° Caixa e não Plástico:

Parece apelação já, mas os cartuchos vem em caixa, não em plástico. Caixa=Protegido. Plástico=Desprotegido. 🙂

81° Diversão:

Com o N64 a diversão é garantida. Compre agora e receba um joystick inteiramente de graça. 🙂

A diversão é garantida mesmo. XD

82° Agilidade:

O N64 é mais ágil. Você coloca o cartucho e inicia rápido (Assopre se for supersticioso!). O jogo começa rápido. Reinicia rápido. Processa rápido. Não perca tempo com demoras inúteis.

83° Sinceridade:

Muitos jogos tem vídeos ultra HD de imagem, mas na hora de jogar você vê o mesmo bonequinho de sempre que está acostumado. O N64 não mente para você. Os vídeos e segmentos são a mesma imagem que o game. Os caras gastam um tempão fazendo os vídeos de super qualidade onde você pode ver a mosca que passa por cima de uma montanha a 1 Km de distância de onde tudo ocorre e depois você começa a jogar e vê o mesmo boneco retângulo de sempre. É frustrante! 🙂

84° Multiplayer:

O sistema multiplayer do N64 é um dos melhores ainda hoje. A Sony e a Microsoft tentam competir com possibilidade de jogo online. Viadinhos!

85° Quatro Controles:

Óbvio. O N64 foi o primeiro a permitir isso, quando o PS1 usava dois apenas.

86° Originalidade:

O controle do PS1, PS2 e PS3 são chupados do SNES. Os jogos da Sony são muito genéricos. Pronto, falei!

87° Jogabilidade:

Compare Super Mario 64 com Resident Evil 2. Dá pena do jogo de zumbis. Sempre achei uma merda isso em Residente Evil até o RS4.

88° Respeito ao Super Nintendo:

O N64 respeita muito o Snes. Com as trilhas sonoras originais, referências, fidelidade, etc… Quem migra do Snes para N64 sente esse conforto.

89° Medalhões:

Todos os medalhões da Nintendo, exceto Metroid, estão presentes no N64.

90° O Nintendo 64 é melhor que o Game Cube.

FATO.

91° 64DD:

Nunca usei esse dispositivo em nem vi ao vivo, mas já ouvi falar.

92° Cor dos Cartuchos e Controles:

Meio besta, mas é estyle poder escolher a cor dos seus dispositivos. 🙂

93° Calo nos dedos:

Sim, isso é uma vantagem. Se depois de uma boa sessão, você termina e encontra calos nos dedos, significa que você pode aproveitar uma grande aventura. Só pessoas fodz tem calos nos dedos. 🙂

94° Roteiros:

Os roteiros da maioria dos jogos do N64, principalmente os medalhões, são ótimos, mesmo os que não tem roteiro. 🙂

95° Emoção:

Os jogos do N64 passam emoção, empolgam, como todos antes faziam e todos deveriam fazer.

96° Transfer pack:

Não lembro para que serve, mas tudo bem. 🙂

97° Caratér:

Quem tem N64, tem caráter, é responsa, é O Cara. 🙂

98° Capacidade de Escrever Listas com mais de 100 itens:

Quem tem/teve N64 tem a capacidade de fazer uma lista longa dessas. 🙂

99° Nintendo 64 é foda!

Esse console é foda mesmo, chutador de bundas e comedor de vaginas.

100° Nintendo 64 é o melhor!

Nintendo 64 é o melhor console de video-game dos tempos e dos anos 90 e do começo do novo milênio e da eternidade!

…………………………………………………………………………………………………………

N64 - Parede de Cartuchos

N64 - Parede de Cartuchos

Demorou duas horas, mas a lista está feita. Quem discorda, o mamilo engorda. Quem concorda, é o cara!

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é NINTENDO 64.

Por Akanadin & Porco-Aranha.

A Evolução dos Games – Kirby

Kirby

Kirby

De todos os personagens da Nintendo, Kirby é o que menos estou familiarizado. Sei que é um guerreiro estelar e ele em específico é Owerpower. Ele pode literalmente engolir tudo e então se transforma adquirindo as capacidades e características do tal objeto absorvido. Ex: Ele engole uma rocha e vira o Kirby pedregulho. Se ele engole uma boma, vira o Kirby bomba. Se ele engole um tanque de guerra, ele vira um Kirby turbinado e ultra power plus with lasers. Então, digamos que é o personagem mais versátil de todos da Nintendo.

Kirby Smash Bros - Todas as formas possíveis absorvendo os melhores de todos os personagens

Kirby Smash Bros - Todas as formas possíveis absorvendo os melhores de todos os personagens

Kirby (em japonês: カービィ Kābii?) é um personagem da série de video games publicados pela Nintendo criado por Masahiro Sakurai para seus consoles. Ele tem sido a estrela de vários jogos homônimos desenvolvidos pela HAL Laboratory. Kirby também se tornou um popular personagem de anime nos últimos anos.

Conceito e criação

Kirby era originalmente chamado de Popopo, e seu modelo era um sprite em forma de bola no desenvolvimento do que seria seu primeiro jogo. O nome do primeiro jogo seria Popopo brilhante,ao invés do atual Hoshi no Kaabii ou Kirby das estrelas.

Sakurai tinha a intenção de Kirby ser rosa. Entretanto, Shigeru Miyamoto via ele como amarelo. Por causa dessa confusão, no lançamento Kirby era inteiramente branco no comercial de TV, mas na capa do jogo ele aparece rosa.

Existe um debate na origem do nome de Kirby. Um mito que se espalhou é de que Kirby adotou seu nome de uma companhia Ocidental chamada Kirby Corporation, que era uma companhia de aspiradores de pó dai sendo a habilidade de Kirby. Outra explicação seria que Kirby possuía o nome em honra ao conselheiro oficial da NintendoJohn Kirby.

Anime e manga

Kirby estrelou seu próprio anime intitulado Hoshi no Kaabii (“Kirby das Estrelas”). Ele é atualmente licenciado na América do Norte pela 4Kidssob o título Kirby: Right Back at Ya! e vai ao ar na 4Kids TV. O anime é produzido pela NintendoHAL Laboratory, Inc., e possui um filme baseado no mesmo intitulado Kirby: Fright to the Finish – The Movie.

No anime “Kirby: Right Back at Ya”, a história se passa sobre Popstar, mais precisamente, Dream Land, onde a nave de Kirby cai acidentalmente. Desde então, a almofada rosada começa a viver em Cappy Towm, uma cidade de Dream Land. Infelizmente, King Dedede não quer Kirby em seu reino, por isso, pede monstros à Nightmare Enterprises e os manda em cima de Kirby e os Cappies. Mas Kirby usa seus poderes para salvá-los.

Kirby também estrelou sua própria série de manga que nunca foi publicada fora do Japão.

Habilidades

§                     Inflação: O corpo de Kirby é flexível como um balão permitindo que Kirby infle seu corpo, podendo voar. Quando o fôlego de Kirby acaba ele solta o ar e volta ao normal. Nos jogos, o ar liberado pode ser usado como um tipo de ataque contra criaturas mais fracas.

§                     Absorção: A principal técnica que Kirby usa no anime. Como os pulmões de Kirby são resistentes como aço e flexíveis como borracha, ele tem a habilidade de sugar o ar numa força que pode criar um tornado. Assim que qualquer substância é engolida, o organismo de Kirby copia as moléculas e coloca no DNA de Kirby, permitindo uma transformação. Esta habilidade é voluntária, ou seja, Kirby só se transformará se ele quiser.

§                     Elasticidade: A flexibilidade de Kirby permite que ele não se machuque por mais que o inimigo o estique.

§                     Estrela: Kirby tem a habilidade de transformar sua estrela em uma pequena nave.

Participação especial em outros jogos

Kirby aparece em jogos da série Super Smash Bros.. Kirby possui no jogo sua habilidade de sugar e absorver as habilidades de seus adversários, fazendo dele um grande oponente. Ao absorver as habilidades dos inimigos ele adquire também parte de sua aparência.

Série Kirby
Série principal Dream Land · Adventure / Nightmare in Dream Land · Dream Land 2 · Super Star / Ultra · Dream Land 3 · 64: The Crystal Shards ·Amazing Mirror · Canvas Curse · Squeak Squad · Kirby (Wii)
Títulos relacionados Pinball Land · Avalanche · Dream Course · Block Ball · Star Stacker · Tilt ‘n’ Tumble · Air Ride
Personagens Kirby
Televisão Kirby: Right Back at Ya! (episódios)
Kirby absorvendo Você

Kirby absorvendo Você

Não subestime essa inocente bola rosa. Ela pode acabar facilmente com você. Então, cuidado se não quer ser absorvido ou derrotado.

Veja o outros A Evolução dos Games – Heróis em:

https://bignadaquasar.wordpress.com/2009/08/22/a-evolucao-dos-games-donkey-kong/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2009/08/23/a-evolucao-dos-games-super-mario/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2009/08/24/a-evolucao-dos-games-link/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2009/10/05/a-evolucao-dos-games-megaman/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2009/10/15/a-evolucao-dos-games-sonic-the-hedgehog/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2010/04/26/a-evolucao-dos-games-fox/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2010/05/05/a-evolucao-dos-games-samus/

https://bignadaquasar.wordpress.com/2010/05/07/a-evolucao-dos-games-captain-falcon/

Bignadaquasar, onde nada é cósmico e nada é Kirby.

Por Akanadin.