Piratas do Caribe 5 – Filme terá mesmo roteirista de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

E nesse mês de janeiro o que não faltam é novidades. Agora foi a vez de Piratas do Caribe 5 dar as caras e  já tem roteirista contratado.

Pirates of the Caribbean 5

Pirates of the Caribbean 5

Saiba mais abaixo sobre o quinto filme dos Piratas:

Piratas do Caribe 5 contratou Jeff Nathanson (Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, Prenda-me Se For Capaz) para escrever o roteiro da continuação da franquia.

Não foram divulgados muitos detalhes sobre o filme. Sabe-se que Johnny Depp esteve perto de renovar seu contrato com a Disney em 2011, mas nada foi oficializado.

O único que oficialmente permanece em Piratas do Caribeé o produtor Jerry Bruckheimer.

E eu achando que o terceiro e quarto filme tinham enterrado ou melhor: Afundado de vez com a franquia, mas sabe como é: Franquia já firmada e consagrada, além da bilheteria sempre alta, eles vão continuar até não dar mais ou até o Johnny Depp ficar muito velho/pular fora.

Mas é isso aew. Fiquem ligados para mais Desventuras de Jack Sparrow navegando pelos sete mares atrás do One Piece.

Mundo Bignada, onde nada é um novo mundo e nada é Piratas do Caribe e a Lagoa da Caveira de Cristal.

Por Akanadin.

Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas bate 1 bilhão de dólares no mundo

Pirates of the Caribbean On Stranger Tides - Filme supera a marca de U$ 1 bilhão no mundo

Pirates of the Caribbean On Stranger Tides - Filme supera a marca de U$ 1 bilhão no mundo

Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas(Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides) conseguiu quebrar a barreira do 1 bilhão de dólares mundialmente. É impressionante, porém, a disparidade entre a modesta arrecadação para um blockbuster como esse nos EUA (230 milhões) e mundo (770 milhões).

Com a quantia, o filme supera Batman – O Cavaleiro das Trevas e ocupa a sétima colocação no ranking dos maiores filmes de todos os tempos (sem reajuste de inflação).

Acima do filme estão Alice no País das Maravilhas (1,02 bi), Toy Story 3 (1,06 bi), Piratas do Caribe: O Baú da Morte (1,06 bi), O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei(1,11 bi), Titanic (1,8 bi) e Avatar (2,7 bi).

Fonte:

http://www.omelete.com.br/cinema/piratas-do-caribe-navegando-em-aguas-misteriosas-bate-1-bilhao-de-dolares-no-mundo/

Bom, já esperado, por mais que eu não esperasse que esse filme iria fazer tanto sucesso, mas ele somente manteve o mesmo público de outrora e quando eu li que o filme estava acima de 700/800 milhões, tive certeza de que ele iria superar a barreira do U$ 1 bilhão. Não acho que a franquia merece, mas não fico realmente surpreso. Piratas do Caribe é uma franquia muito forte que dificilmente irá afundar, mesmo que a qualidade dos filmes tenha naufragado há muito tempo desde o segundo filme.

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é um bilhão de moedas de ouro asteca do Jack Sparrow.

Por Akanadin.

Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas: 3D

Como tradição, agora farei a crítica da tecnologia 3D do filme.

Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas 3D

Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas 3D

Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas estreou e como já esperando em imagem normal e em 3D. Após muito tempo, eu retorno a assistir um filme com o óculos 3D no cinema. Por coincidência, o último filme que vi assim foi Enrolados, também da Disney. Em minha opinião, dos filmes em Live Action, com exceção de Avatar eu creio, os a Disney tem a tecnologia 3D mais competente, apesar dos filmes em animação ainda dominaram completamente o uso dessa tecnologia. Posso comparar o uso das três dimensões aqui com o do filme Tron – O Legado. Não é algo tão impressionante, mas funciona. Em Piratas do Caribe 4, achei esse aspecto levemente superior. Acho que o filme faz uso melhor em cenas mais marcantes em 3D.

Pirates of the Caribbean - On Strange Tides 3D

Pirates of the Caribbean - On Strange Tides 3D

Bom, em suma é isso. Piratas do Caribe 4 não tem o 3D mais impressionante da história, mas é um 3D muito mais competente do que muitos filmes que estrearam e ainda vão estrear. Não é algo que faça você ficar alucinado, mas creio que não será um desperdício de grana se você for assistir o filme em 3D, por mais que se você vê-lo em 2D normal não vai perder muita coisa. Não sei se vale realmente a pena gastar uma grana a mais para ver o filme em 3D. Avalie suas opções e se estiver com muito dinheiro a disposição, vá em frente e não se sentirá enganado. Agora se quiser economizar, veja em 2D normal mesmo. É um pouco controverso, mas acho que dá pra entender.

Eu por exemplo não veria novamente o filme em 3D, mas não me arrependo de ter visto ele assim. Bom, é isso. XD

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada são Águas Misteriosas em 3D.

Por Akanadin.

Crítica: Piratas do Caribe 4 – Navegando em Águas Misteriosas (Pirates of the Caribbean – On Stranger Tides)

Piratas do Caribe 4

Piratas do Caribe 4

Piratas do Caribe. O que começou apenas como uma simples atração do parque da Disney se tornou um sucesso tremendo de bilheteria e inegavelmente umas das maiores franquias do cinema. Por que não? O primeiro filme figura como um dos melhores e mais divertidos da década passada. O problema vem após isso. Ninguém esperava o seu sucesso e como tudo que faz sucesso Piratas do Caribe tinha que ser continuado, aumentado, explorado. Isso é lógico. Não vejo problema nenhum nisso. Na verdade, eu incentivo, eu aprecio isso. Uma grande idéia não pode morrer, tem ganhar asas e voar, sendo mais poético. O que acontece é que nem tudo sai como esperado e as coisas podem ficar ruins. O resultado são dois filmes fracos e desastrados que são Piratas do Caribe – O Baú da Morte e Piratas do Caribe – O Fim do Mundo. O segundo filme é até bom. Talvez se o terceiro filme fosse melhor feito e resolvido, eu o olhasse com bom olhos, mas para mim o segundo filme não funcionou. Muito, mas muito exagerado e apelativo. Aqui nós já temos a figura do ator Johhny Depp explorada até não dar mais. É o famoso “Efeito Wolverine”: Se o personagem faz sucesso, vamos abusar dele até não dar mais. Se o Johnny Depp é tão carismático e o Jack Sparrow é tão popular, ele que segure o filme que vamos lucrar mais e chega mesmo a segurar, mas isso não quer dizer que é melhor assim. Ele segura o filme, mas ele fica balançando. A qualquer momento ele perde o equilíbrio e tudo pode desmoronar e não deu outra: Piratas do Caribe – O Fim do Mundo. Falando aindo do segundo filme, o Baú da Morte é um filme muito exagerado e pretencioso. Ele joga coisa demais para o terceiro filme resolver e talvez sem necessidade. O filme aprofunda na trama de Will Turner e seu pai, que estava muito bem resolvida no primeiro filme, e joga para o terceiro resolver e este o faz nas coxas. Joga milhares de coisas para o terceiro filme explicar e concluir e fica perdendo tempo com bobagens como aquela longa e desnecessária sequência dos índios canibais ou aquela cena exagerada de luta da roda giratória. Era óbvio que o terceiro longa ia ser uma p******. Com um diretor mais competente e mais capaz isso poderia ser evitado, mas é querer demais.

Bom, eu poderia fazer mais dois longos parágrafos sobre os problemas dos dois últimos filmes, mas estamos aqui para falar do quarto Piratas do Caribe que estreou ontem nos cinemas. O que eu posso dizer? A franquia não poderia ter tomado um rumo melhor.

Piratas do Caribe 4 - Navegando em Águas Misteriosas

Piratas do Caribe 4 - Navegando em Águas Misteriosas

Piratas do Caribe 4 – Navegando em Águas Misteriosas traz a série de volta para suas origens. Este filme ainda não supera o primeiro Piratas do Caribe, mas é um passo positivo para conseguir algum dia essa façanha. Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas pega o gancho de história do final do Piratas do Caribe – O Fim do Mundo, o que era previsível até e já havia sido noticiado a muito tempo atrás. Johnny Depp está melhor neste filme do que nos dois últimos. Apesar dele ainda ter quase toda a responsabilidade de carregar o filme nas costas, ele está bem menos apelativo neste e continua a manter a qualidade do personagem. Por mais que os filmes mudem, acho que podemos sempre podemos esperar algo interessante do personagem Capitão Jack Sparrow por mais apelativo que ele seja usado. O filme não é tão ousado quanto poderia ser e talvez assim seja até melhor. É um filme bem divertido.

O filme tem seus pontos negativos. O romance apresentado no filme, uma tentativa muito falha em substituir o casal Will Turner e Elizabeth Swann, não funciona. É forçado, clichê e feito nas coxas. Entretanto, o filme também tem outro núcleo romântico que é nada mais nada menos entre Jack Sparrow e Angelica (Penelope Cruz), o que não é spoiler para ninguém, que funciona muito melhor. Além de não tentar repetir a fórmula do casal clássico, eles tem um entrosamento até que muito bom, sem ser previsível ou clichê. O filme tem várias pontas soltas e furos, além de muitas situações que poderiam ser resolvidas de maneira mais inteligente e eficaz e também há cenas que poderiam ser removidas do filme que não fariam falta. Mesmo assim há muitas cenas boas e bem boladas até, pode-se relevar os problemas e divertir-se.

Sem me alongar mais, Piratas do Caribe 4 – Navegando em Águas Misteriosas cumpre a principal missão de ser melhor que os dois últimos filmes, o que não era muito difícil, e dar um novo rumo para os filmes. Achei que o filme cumpriu bem a sua função. O filme não é tão bem amarrado quanto o primeiro e alguns coisas poderiam ser retiradas e/ou alteradas para dar mais agilidade e dinâmica ao filme, mas o resultado final é bem positivo e é uma grande opção para quem quer ir ao cinema.

Nota 7,2 para Piratas do Caribe 4.

Nota 7,2 = Linguiça de Porco

Nota 7,2 = Linguiça de Porco

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Piratas do Caribe 4.

Por Akanadin.

Crítica: Piratas da Ponta Negra 4 – Navegando em Galas Misteriosas

Piratas da Ponta Negra 4 - Navegando em Galas Misteriosas

Piratas da Ponta Negra 4 - Navegando em Galas Misteriosas

Eis que apresento a vocês a crítica do quarto filme da franquia Piratas da Ponta Negra. Uma franquia já desgastada em minha humilde opinião. O primeiro filme: Piratas da Ponta Negra – A Maldição das Pérolas da Internet é sem sombras de dúvidas o melhor de todos disparado. Seguido do divertido, porém pouco compromissado e muito exagerado: Piratas da Ponta Negra 2 – O Baú da Felicidade. Eis que tudo vai literalmente e virtualmente por água abaixo no terceiro e mais fraco filme da franquia original: Piratas da Ponta Negra 3 – O Fim do Imundo do Jack Spermow. Agora, neste quarto filme que promete seguir um novo rumo para fugir de toda aquela sacanagem dos anteriores.

Piratas da Ponta Negra 4 – Navegando em Galas Misteriosas. O título não poderia ser mais apropriado, póis o filme inteiro gira meio que em torno de um grande rio de sêmen cuja nascente foi encontrada pelo lendário pirata Barba Eneias Negra, no filme bem fiel a figura do pirata da vida real. Aliáis, o filme não gira em torno coisa nenhuma do rio de gala lendário, pois girar ao redor de um rio é estupidez. Você obviamente ficaria encalhado em terra firme muito antes de completar 180º de rotação. XD

Piratas da Ponta Negra 4 é um filme muito divertido. Ele resgata o humor original da série e também aquele clima de aventura e fantasia que marcou tanto os fãs. Além das sequências de navegação no rio de gala, que devo dizer são tensas demais (Afinal, quem vai querer cair ou naufragar numa p**** dessas, c******!), o filme traz uma novidade que são cenas de sexo leve, diferenciando dos filmes anteriores que eram classificação livre. Esse filme é PG-13, por isso podemos ver alguma agarração e o side boob subindo da Penelope Cruzes.

Quantos aos efeitos especiais, eles estão impecáveis e o 3D do filme também é um primor que só pode ser comparado a clássicos absolutos revolucionários do gêreno e roubadores de oscars como Fúria de Tetas, Chatice e o País das Taras e Virilhas ou Jack Sparrow Ass 3D (Ou Jackass Sparrow 3D – P****** no Brasil no Brasil. XD). O filme tem cenas antológicas e faz você pensar bastante na condição humano e no sentido da vida. É um filme para toda família… Não ver por causa do rio de gala e das cenas picantes e violentas. A Disney estava mesmo louca quando deixou passar uma produção como essa, mas se isso foi ousadia então estão de parabéns, por conseguiram dar um novo gás a franquia que já estava afundada em alto mar…. De gala. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nota 10. Feijoada Caseira da Ponta Negra.

Feijoada Caseira

Nota 10 = Feijoada Caseira

BignadaQuasar, onde nada é cósmico e nada é Pirates of Ponta Negra 4.

Por Porco-Aranha.